Nó Cego e Bengala de Cego

terça-feira, 30 de setembro de 2008

juventude desiludida!



falo lindão , falo lindona
é o Japonês do funk p/ vereador.
o que vou comentar acredito
se repete em muitas das cidades
é a vez do candidato bizarro
aki tudo indica que serão os mais votados
espero que esteja errada
mas em prévias realizadas em escolas
escolas de classe média e média alta
o japonês é o mais votado
seguido do Palhaço Pudim e do Mister M
vc dirá juventude alienada ...
engano seu juventude desiludida
questionados apresentaram como argumento
políticos e política não são sérios!

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Preconceito.

Me desculpe, Afonso Arinos!
Mas não há lei no papel,
aprovada e sancionada,
que elimine o preconceito.
Ele existe e está arraigado
Se percebe em detalhes.
E o mais forte é o racial.
Mas não ignore os outros.
Há o que revela o machismo.
que faz com que pessoas julguem
a mulher um ser menor.
E o pior disso tudo é constatar
é que há as que assim se sintam
e admitem o homem como superior.
Fora esses há um tanto mais.
Que são tristes até de citar.
Com eles nos deparamos.
no dia a dia normal.
Basta abrirmos um jornal ,
blog ou um site virtual.
É um problema cultural
e claro também educacional.
Não acredito na punição
como elemento de correção.
De mudança de postura.
Creio ser só imediato
mas não gera transformação
que é necessária de fato.
Ela só inibe a ação.
Mas não atingi no cidadão
a sua alma ou a razão
Não chega de fato
ao âmago da questão.
Enqto isso não ocorrer
assistiremos descalabros
homem tratando homem
como se não fosse um irmão!

domingo, 28 de setembro de 2008

Salsicha do Alemão


Olha o churrasquinho
Churrasquinho dona Maria
É o salsichão do Alemão
Sendo assado e queimado
Em plena laje do Brunão
Chega aqui dá uma provadinha
Vai ver tá gostosinha
É só chegar e dar uma mordidinha
Mas tem que ser com uma gelada
Pra combinar com o clima da pesada
Assim tudo fica numa boa
Todo mundo queria mesmo saber
Como era a salsicha do Alemão
Agora todos podem provar
E talvez desaprovar....
Mas com certeza não podem negar
Que ele tem uma salsicha
Só não sabemos se sabe usa-la
Da forma correta como se deve
Nem tão crua nem queimada
Porque de queimado já basta seu filme
Mas o que queremos pra valer
É ver a salsicha no páu
Na tal da churrasqueira da laje
Merece a coitada uma fama
Depois de engolir tanta chama
Junto com um coração torradérrimo
E quem sabe levantar o astral
E finalmente dar o sinal
Das boas vindas ao novo reality show
Sabonete com churrasco na banheira no Brunão

Nem a Cida do bbb pensou nisto......

sábado, 27 de setembro de 2008

PARAISO.



net é um mundo
do bem e do mal
aki têm normais
mas o que têm de doidos
não dá nem pra imaginar
serão eles alimentados
por algum interessado??
alguns são repetitivos
não evoluem nem na loucura
se apegam a uma estória
e acreditam que é verdade
repetem e repetem os fatos
será que dessa forma esperam
que se transformem em verdade
ou será que a loucura
os impedem de andar
ficam presos no mesmo fato
e não há ato ou desato
que o façam caminhar
e o coitado q/ é objeto
desse pensamento insensato
vai caminhado na vida
com esse lunático ao lado
gravitante tal qual satélite
as vezes como parasita
porque até agora
dos reconhecidamente insensatos
não vi e nem apreciei
qlq cura de fato
e de tudo isso
só posso comentar de exato:
Deus nos livre desses chatos!

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

a verdadeira razão,


recordando os velhos tempos
e também um bom pileque
Nó , eu e os meninos
nos banhamos e arrumamos
e bonitinhos e lampeiros
fomos p/ a tal balada
e na certa comemorar
o que ainda nãotinha ocorrido
o aniversário de quem??
Do Fenômemo!O Ronaldão
O que foi fenomenal
teve cerveja e muita treta
pra todos os gostos e preço
já que a casa era das finas
só entrava pelo fundos
quem queria se esconder
claro que foi por lá q entramos
nó ,eu e os da laje.
tá bom que lá chegamos
mais mamados que bebê
alguns já tinham regurgitado
mas na festa tudo vale
desde que não passem a mão
porque mesmo bem doidão
a bunda sempre tem dono
acredito que numa dessa
nó cegueta e distraido
apalpou a dona Sonia
que de forma indiscreta
botou a boca no trombone
o filhote da mãezona
enfureceu se no ato
e tirando a camisa
quis cobrar o desacato
e eu mais um grupo
da turma do deixa disso
explicamos pro moçoilo
que foi erro e inconsequência
de um cego já bem mamado
e como ninguém sabia
e tb não se entedia
o que estava acontecendo
Nó voltou pra casa
e desde o dia fatídico
se agradou não sei porquê
e tem na casa novo freguês.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Amigo?


ai que dor no coração
qdo vc descobre a traição
e a pior é de um irmão
não irmão de sangue
porque esse vc não escolhe
e sim o de alma
pra quem vc se dôou
com maior afinidade
defendeu e protegeu
abriu mão do que era seu
pra esse amigo agradar
e na maior cara dura
te apunhá-la pelas costas
as vezes nem pelas costas o faz
e ainda enqto te fere
faz juras de lealdade
e te chama a atenção
cobrando tua lealdade
te avisa dos teus deslizes
te adverte como amigo
mas nas entrelinhas te fere
e o pior disso tudo
é que o cara insatisfeito
de tudo isso fazer
ainda usa da net
publica o que pensa em blog
acredita que só ele é sutil e sagaz
e nós todos os outros
somos ingênuos e fáceis de enganar

ps: esse texto foi elaborado a pedido da Yara.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

funk da laje


é so na laje.pode se ver
é so na laje ..pra acontecer
e só na laje...vai querer??
e é na laje e rebolando
rebolando ,rebolando
rebolando.. meu bem querer

se vc tem uma laje
aproveite pra zonear
pois em cima da laje
dá pra meninas azarar
churrasco pra se comer
e cerveja pra entornar
e é na laje que você
pode meninas sacanear
aproveite do descuido
e calcinhas pode ver
e se quiser apreciar
um corpão a desfilar
é só muito maneiro
uma aposta ganhar
e tudo isso ocorre lá
na laje do bruneco
que reúne a molecada
e apresenta um programa
que não precisa de atenção
basta meia dúzia de tontões
com algumas ninfetas
e o bobão do meninão!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

A rainha e seu trono


Como pode um pobre ser
Tanta asneira conseguir fazer
E como pode esse alguém
Julgar que tenha tanto poder
Poder de decidir sobre outro alguém
Ou mesmo o destino escolher
Daqueles a quem dará poderes
Poderes para julgar e condenar
Poderes para manipular e extrapolar
Na vida de outrem sem nada acontecer
Mesquinha é pouca palavra
A quem faz isto com outro alguém
Pensa não existir um ser além do seu próprio
Menina mimada e vazia
Suas noites devem ser muito frias
E seus amores devem ser
Daqueles que gostam de vadias
Assim, bem igualzinhas a você
Não julgue as pessoas por sua família
Você pode se surpreender
Existe sim vida diferente da tua
São seres humanos iguais a você
Que come e que caga, igual a você
Pensa ser onipotente
Mas na verdade não passa de uma decadente
Verás que seu dia chegará
E ai sim , vou sentar, olhar e gozar
Vendo a dona Rainha e seus bobos da corte
Sentados no trono de lixo da sua vida
Que certamente irá acontecer
Mas que merecedor para quem foi o que foi.

Ps: este texto é dedicado a criadora da expressão "Gerente do Lixo"

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Mula Lisa


Quero dedicar este post
A um pessoa muito especial
Pensa que é a oitava maravilha
Esqueceram de avisa-la
Que sua fama não vai além
Dos jardins de sua casa
Pensa que berrando com todos
Conseguirá a tão sonhada evolução
Não sabe oh coitada, que já está
Em plena degeneração
Tanto de carácter como de beleza
São os genes na evolução da raça
Estão conspirando a seu desfavor
Porque a cada geração que passa
Vai se deteriorando como um furacão
No estágio que a pobre está
Daqui há alguns anos não sobrará
Nada além de uma crina
E talvez umas penas, oh que linda família !
Vai ser muito complicado
Explicar para todos o que é a evolução
De toda a sua família
Uns com crina outro com rabos
Uns com pernas outros com patas
Serão uns perfeitos minotauros
Talvez até possam nascer algumas medusas
Quantas maravilhas numa só família
Vão fazer inveja as histórias de Hércules
E assim se dá a evolução
De uma família tão poderosa
Que acham que são os escolhidos
E na verdade não passam
De verdadeiros deuses de barro.

Ps: este texto é dedicado a criadora da expressão "Gerente do Lixo"

domingo, 21 de setembro de 2008

cavalheiro




como se reconhece um cavalheiro
garanto que não é pelas roupas
será pelos seus modos?
abrir a porta do carro
dar o braço p/ uma senhora
puxar a cadeira p/ a dama
mandar flores no dia de nada
elogiar a roupa da companheira
notar seu novo penteado
tudo isso é encontrado
num cidadão bem educado
agora há atitudes
que não devem se praticadas
que afastam qlq homem
do critério civilidade
escarrar no meio da rua
falar usando palavrões
soltar flatos em qlq situação
mesmo que seja na presença
de quem tem muita intimidade
ir ao banheiro de porta aberta
palitar o dente jamais
mas muitos desses perdôo
e posso até ignorar
fingir que não ocorreu
dar aquela disfarçada
mas há um inadmíssivel
que não dá pra aceitar
é cutucar as partes intimas
ou melhor e sem rodeios
é o saco o cara coçar !

sábado, 20 de setembro de 2008

Sorriso


As vezes sorrimos
Mas os olhos choram
A alma não se eleva
As expressões não se alteram
O jogo é este
Mostrar o que vc não sente
Falar o que você não quer
Sociabilizar com o inimigo
Mostrar que você é maior que isto
Mas quem disse que eu quero?
Quem escreveu isto?
Eu quero ficar no meu canto
Chorar o meu pranto
Esquecer de mim mesmo
Não dar bola aos lamentos
Ficar fora do jogo
Me esquecer dos problemas
Fazer sómente a minha mesa
Reservar um bom vinho
Bebericar e cantar a beleza
De poder ser só eu mesmo!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Mandona!


explique quem puder
quero muito entender
porque Anas ,Lucias e Clarices
tem que na vida sofrer
são pessoas de boa índole
são amigas pra valer
mas não podem ficar felizes
sem as mães a lhes atormentarem
fui criada e acreditei
que para viver feliz
preciso ter os meus assim tb
e sempre emprego e digo
que quem meu filho beija
meus lábios adoça
mas não tenho assistido
isso ocorrer por aí
vejo mães não sei por quê
felizes só qdo vêem
os seus filhos a lhes servir
e como a rainha mãe
não aceitam em existir
sem subalternos aferir
e se deleitam em contentes
qdo as filhas descabeladas
se prestam a faxinar
mesmo que à outro possam delegar
para a sua vida facilitar
só assim se sentem amadas
e só assim ficam felizes.
antes que me esqueça
essas mães que me perdoem
mas vão PQP!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Principe que virou um sapo.


hoje sou um sapo
mas cheguei a ser um príncipe
e fiz gemer muitas princesas
dei amor alegria e muito prazer
cada dia uma nova sapinha
das novas pra eu comer
Foram tantas e tão diversas
que um dia me dei mal
encontrei uma tão bela
me parecia a Cinderela
quis cantar-lhe em prosa e verso
o amor que despertou
mas por baixo da belezura
se escondia uma bruxa
ciumenta a danada
exigia fidelidade
e eu um sapo galinhão
acostumado a zonear
acreditei que era esperto
e que a podia enganar
estava eu com uma zinha
bem armado a aproveitar
qdo fui pego no ato
e a bruxa pelo desacato
resolveu me amaldiçoar
e hoje ostento
um pênis teso
no mínimo um alento
para poder aproveitar
das outras que me querem
mais a tristeza é imensa
porque a maldição foi perfeita
nunca mais serei um príncipe
posso até virar um pato
destes que fazem quá..quá..
Mas jamais eu voltarei
A minha imagem normal
quem quiser se promover
a custa de minha imagem
vai ter que se contentar
com meras lembranças
de um tempo que não volta mais.

nó&bengala

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Migalhas


Tem pessoas que pensam
Que os outros só nasceram para as migalhas
Não se dão conta que a vida é curta
Nem que num futuro podem vir a precisar
Daqueles a quem só lhe ofereceu migalhas
Mesquinhos, avarentos, sujeitos que tenho desprezo
Vivem somente para o lamento
A vida nunca lhes dará o suficiênte
Porque eles acham que merecem tudo e mais um pouco
E os outros que se danem
Como terá sido a infância destes infelizes
Será que lhes faltou amor, ou comida?
Ou será que já nasceram com esta medida?
Vejo tantas pessoas assim
Não tem na verdade uma família
Dizem carregar nas costas seus chupins
Coisa mais triste isto para mim
Não amam e não são amados
Apenas convivem e vivem assim
Acho que a vida nem que seja no fim
Se encarregará de mostrar-lhes
Que o sentido da vida não é o dinheiro
Mas o que ele fez para as pessoas com o seu dinheiro .......

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Por que me odeias??



por que me odeias??
se nunca te fiz o bem!
esse ódio é gratuito
não há duvidas , meu senhor
se não te acariciei
na certa tb não te machuquei
aliás vou bem mais longe
nem sequer te conheço
mas tens um ódio desmedido
que acarreta seguidores
e te faz me atacar
e como verdades gritar
fatos nem por si só provados
explica porque te irrito
só pode ser por existir
pois se não te fiz mal
assim como nunca te fiz o bem???
então deixa eu no meu quadrado
que por estar meio de lado
não é o certo nem o errado
é somente um espaço
onde ocupo neste mundo
se tem para mim, tem para ti
então me deixa de lado
procura o teu espaço
que este aqui já é o meu!

nó&bengala.


segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A PROCURA DE UM NOVO EMPREGO .

OH! que vida ingrata
descartada tão jovem
sendo substituída
até por transas virtuais
isso não pode não
nem de fato ocorrer
sou um boneca inflável
pronta pra atender
qlq freguês me fascina
atendo sem um"A" dizer
não há o não me negue
pro meu amo satisfazer
não acarreto despesa
não como ,bebo ou...
não reclamo da vida
nem do horário de serviço
não exijo preliminares
nem a pós liminar
não precisa me ligar
nem sequer elogiar..
com todas essas vantagens
estou entrando em desuso
estou num canto relegada
e num armário jogada
nem tenho sido inflada
e tudo isso por quê?
a modernidade me atropelou
só falta agora o prazer
ser atingido em gotas..
com 10 gotas o normal
com mais 10 o oral
e se na dose caprichar
vai encontrar o anal!

por Bengala de Cego.

domingo, 14 de setembro de 2008

O que está errado nesta foto???


que maldade! mas é verdade
é só mais um ser humano
mostrando a sua bestialidade
podes crer é humor negro
mas baseado na realidade
porque há pais que assam
assam seus filhos pra se livrar
da tarefa de provir
educar e alimentar
querem o sexo praticar
de seus prazeres gozarem
sem maior responsabilidade
e até medem as consequências
que procuram ignorar
ignorar na hora de transar
transar sem procriar
é uma conquista da humanidade
e qlq cidadão com pouco recurso
sabe com evitar uma gravidez indesejada
e evitar cenas tão bárbaras
assistidas na televisão
como se fossem a mais nova atração.


nó&bengala

sábado, 13 de setembro de 2008

Políticos .

cada um dá o que tem
e os nossos políticos nada
porque p/ nós nada tem
e o que tem pra eles é pouco
porque por ganância
a cada dia querem mais
e como nós povo pouco temos
é pouco pra eles dar
só que o nosso pouco é muito
é o objeto de desejo
por ele há os que mentem
e se for preciso enganar
e o povo ludibriar
querendo o nosso voto
que num curto período
vira algo precioso
mas depois que isso passa
somos todos ignorados
nosso voto e opinião
passam a nada valer
e de dermos moleza
no dizem pra nos floder
e até são bem capazes
de fazer um bundalelê
e antes que isso ocorra
aproveitemos o período
e orquestrado e combinado
usando até o totó
arriamos a nossa calça
e no horário eleitoral
desopilamos o fígado
aliviamos a alma
e damos o nosso abraço
com bundalelê nacional.

nó&bengala

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

pensamentos.





quemerdaquemerda
seninguémnotar
éaprovaquenãoleem
oquepostamos
queimamosacachola
cacholadeceguetas
enãotemvivaalma
queseponhaaler
eanossaopiniãover
oumelhorentender
concordandooudiscordamos
doqueacabamosdedizer
nemquesejapradizer
ceguinhosvãosefloder!

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Limbo


Quem diria seu mané
Que pudesses fazer tanto
Com a cara mais lavada do mundo
Fingiste sempre o bem querer
O passado já não volta
Mas assusta se descoberto
Permanece como num limbo
Cada história mal contada
Quando pensamos que foi esquecido
Dai sim que ela reaparece
Com uma força ainda maior
Faz tremer todos na base
Até quem sabe, chegue o dia
De todos esquecerem afinal!
Eu odeio esta frase
Que foi dita por certo alguém
O tempo é senhor da razão
E num é que estava certa!
Hoje mais do que nunca
A certeza de que o tempo
Nos faz enxergar como nunca
Quem tinha toda razão!!!!!!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Desbundada




não faça isso comigo não!
não me desperte inveja
nem me conte como vive
com essa farta poupança
e o que faço eu sem bunda ?
num mundo em q/ elas abundam
sempre muito desejadas
objeto de cobiça
tanto de homens como mulheres
a mulheres p/ostentar
os homens p/ apalpar
objeto de desejo
moeda de troca e conquista
pobre dos delas desprovidos
são na certa renegados
e se com ele vc é vitima
vitima da natureza
e tb da tal genética
que a bunda nascida
mal dá para sentar
isso é na cadeira se acomodar
com conforto e maciez
adquirá uma almofada
e faça dela companheira
não se desloque e nem sente
sem a tal da sentadeira!

Bruno filho do nosso amigo Nó faz anos hoje...

..que ele seja muito feliz...e que realize todos os seus sonhos ....

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Irmão de alma!


tenho sonhos atrevidos
quero que falem a verdade
êta pretensão danada
com se pudesse ocorrer
pessoas não mentirem
e muito menos caluniar
que trabalho desvendar
em quem devo acreditar
há quem se doa pelo outro
me parece um ser direito
mas me surprendo qdo leio
que esse ataca a outros
as vezes na proporção
que o fez se indignar
êta coisa mais confusa
não consigo clarear
será que esse é o bom
mesmo que para defender
ataca sem medida
ou será na desmedida
e na mesma intensidade
e acredito eu que pense
e se julgue um cara justo
engana-se o pobre coitado
que é tão injusto quanto
aqueles que o irritaram
e não consegue veslumbrar
que quem o tanto enerva
é na verdade seu sósia
ou seu irmão de alma.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A Besta!


Me digam minha gente
Do que o ser humano é capaz
Pessoas que conhecemos
Estão ao nosso redor
Convivem com nossos medos
Esquecem nossos lamentos
Desmoronam com os ventos
Adoram uma tempestade
São mesquinhos e cruéis
Ao ponto de matar suas crias
As vezes tenho vergonha
De que me chamem de ser humano
Me dá um aperto no peito
Quando sabemos o quanto foi sádico
A loucura de certos humanos
Que chegam a nos dar náuseas
E nos perguntar como podem
Ser tão cruéis os infelizes
Será que existe uma alma
Dentro destas matrizes
Eu tenho cá minha desconfiança
Que dentro moram demônios
Que vieram para este mundo
Para infernizar nossas vidas
E quem sabe pegar um inocente
Que caia em sua lábia
Será mais uma alma perdida?
Para levarem ao o seu habitat
São almas inferiores?
Não sei dizer não senhor
Por certo são bestas vindas
Do fundo das profundezas
Daquele que nem ouso falar
Quero só que Deus me ajude
A nunca me deixar encontrar
Coisas cruéis como estas
Oxalá meu pai, Ave Maria
Pé-de-Pato mangalô três vezes....

domingo, 7 de setembro de 2008

FLORES




FLORES SÃO SEMPRE BEM VINDAS
REFLETEM PAZ E ALEGRIA
DEMONSTRAM UM CERTO CARINHO
PELA PESSOA E PELO MOMENTO
MAS AS VEZES PODE PARECER
PARA QUEM AS RECEBE
QUE FOI UMA CERTA ENCOMENDA
PARA DISFARÇAR UM MAL FEITO
OU QUEM SABE UMA TRAIÇÃO
SÃO ASSIM QUE FAZEM MUITOS
QUANDO QUEREM ESCONDER ALGO
MAS COITADAS DAS POBRES FLORES
NÃO SABEM A QUEM ESTÃO SERVINDO
E QUAL É O SEU REAL INTENTO
SE SÃO MENSAGEIRAS DO AMOR
OU SE TRAZEM A GUERRA E A DOR!
TENHAM CUIDADO COM AS FLORES
ELAS NÃO SABEM A QUE VÃO
SEMPRE TÃO LINDAS E CHEIROSAS
SÃO SEMPRE MENSAGEIRAS DA PAZ
DO AMOR PELO AMIGO, DO AMOR PELO AMOR
NÃO DESCONTE NAS POBRES FLORES
O QUE TENS NO PENSAMENTO
DEIXEM QUE ELAS SEJAM
APENAS MENSAGEIRA DOS BONS INTENTOS.

RIO NEGRO E SOLIMOES... vida de cão...



sábado, 6 de setembro de 2008

PQP!


há horas em que me canso
com vontade de desistir
só que desistência alheia
tipo vergonha alheia
ao ver que todo os dias
a moça tem que desmentir
êta coisa cansativa
repetitiva e monótona
todo dia procuram
algo para a atacar
e também a denegrir
e ela resignada
com um sorriso nos lábios
tem que vir a desmentir
brincadeira mais sem graça
mas será que é brincadeira
ou maldade do cidadão
que adora torturar
de quem não gosta
e nem se sabe por quê
as vezes sinto vontade
de num alto e bom som
mandar todos eles
se bem q/ em nome dela
mas não tenho autorização
nem sequer procuração
à PUTA QUE PARIU!

Pato Fu - Uh Uh Uh La La La Ie Ie







foi a pedidos que postamos o pato Fu......kkkkkkk

Nó&Bengala

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Meio!


O meio é que faz o meio
No meio da confusão
As vezes estou no meio
Sem nem saber quem tem razão
Os meios são sempre bons
Porque o radicalismo não existe
Você sempre estará propenso
A dizer " não sei por qual meio''
Chegaram a esta conclusão!
Sempre o meio é melhor que nada
No meio de um desafio,já se foi uma longa jornada
Estar no meio do dia é melhor que começar
Estar no meio da noite é melhor para quem espera
O meio é sempre bom, meio da tarde
Meio da relação, meio velho, meio criança
Meio louco, meio médico, meio pai... meio mãe..
Estar nesta posição é confortável então?
Talvez se alguns formassem esta indagação
A exigência cessariam, e começaríamos a pensar
Num meio de chegar ao início...
Início de um novo mundo
Início de uma nova relação
Faríamos as coisas diferentes
Para nunca mais estarmos no meio
Meio de uma dúvida, meio de uma tristeza
Somente e certeza que o meio é melhor que o nada.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Coragem!


Coragem de falar a verdade?
confesso não tenho
e acredito ser desnecessário
porque considero isso normal
e tenho para mim que a coragem
é de certo para se mentir
mentir dá tanto trabalho
tenho que inventar
uma estória alinhavada
com começo, meio e fim.
a verdade da menos trabalho
e ninguém me pega desprevenida
mesmo que ela doa um pouco
é melhor com ela lidar
e se não tenho porque falar
ela em nada vai ajudar
ao invés de mentir
prefiro a omitir
mas temer porque falei
não devo e não quero ter
e não posso acreditar
que por ela vou castigar
ou serei castigada
a não ser que ela fale
algum ato ilegal
alguma infração a lei
qualquer coisa fora do normal
como, de alguém, denegrir a moral!

nó&bengala

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Atrevidos!


estávamos nos os ceguetas
reservados e em nosso canto
qdo o governo e os governantes
num ato, talves, impensado
decidiram que da vida
teríamos que usufluir
e dos fatos e atos participar.
cegos mas bem pensantes
ingênuos mas até safados
e um tanto atrevidos
entramos na brincadeira
brincadeira de gente grande
gente bonita e letrada
e o mais engraçado
é que numa certa tormenta
sem pensar e raciocinar
viemos a nos encontrar
e claro que é privilégio
dos blogs grande e capazes
e esses humildes ceguetas
ousaram querer opinar
sai daqui seu mulekes
ouvimos em profusão
è a porra da inclusão
q/ nos obriga a opinar
e a alguns não agradar
mas como somos pequenos
aliás põe pequeno nisso
na certa não vamos causar
e muito menos incomodar,
e quietinhos no nosso canto
continuaremos a palpitar.

mas claro sem incomodar!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Tenho medo!


Será que tenho o direito
De dizer palavras ao vento
Achar que tudo é perfeito
Sem saber o que vai no meu peito
O sentimento é de angústia
Misturada com muito medo
Será que a culpa é minha
De não avaliar o que pensam
Será que a culpa é dos outros
Por não saberem o que tenho
Eu tenho medo de pessoas
Que dizem ser meus amigos
Pois estas são as vezes
Nossos piores inimigos
Já levei muita rasteira
Com muita dor no coração
Na verdade eu já sabia
Que nunca poderia contar com eles não
O meu instinto não falha
É feito como o de um caçador
Que sente o perigo de longe
Mas não quer acreditar não senhor!
Tenho medo da humanidade
E pelos caminhos que estão
É gente matando gente
É irmão matando irmão
O que será de nosso futuro
Se continuarmos assim meu senhor?
Tenho medo das pessoas
E isto não é muito bom
Porque o ódio atrai o ódio
Ninguém pensa mais no próximo
Não quero gente amarga
Tão perto de minha vida
Tenho medo só de pensar
O que eles podem fazer
Destruir a vida de outrem
Sem ao menos se arrepender
Sai fora urubu! aqui é carne de primeira
Não tem nada para você
Além de minhas brincadeiras.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Sirizão

(imagem cedida pelo DCPL)

Aí que saudades de uma net
de um tempo lá pra atrás
onde se brincava e nada mais
o máximo que se temia
era ser internada no Sirizão
lugar onde a DCPL fundou
cadeia virtual para infratores
se bem que de cadeia tinha pouco
estava mais para um paraíso
lá se mandavam os degenerados do halos
aqueles que se exaltavam
todos diziam que seriam jogados
no tal sirizão e ficariam exilados
existia até um local especial
paras os ceguinhos da net ficarem
tempo bom todos eram irmãos
quando havia um surto
o pessoal tentava se proteger
com coletes a prova de balas
ou correndo em zig-zag
não havia tanta exigência
em saber de que lado estavam
o importante eram estar sempre juntos
conversando coisas variadas
não sei o que foi feito deste jeito
me parece que não faz tanto tempo!
eram todos quase perfeitos
alguma coisa saiu fora do eixo
e desgringolou de um tal jeito
que hoje só mesmo a saudade de um tempo

Nó&Bengala

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox