Nó Cego e Bengala de Cego

sexta-feira, 31 de julho de 2009

...de herói a vilão...


num dia herói no outro um vilão
como pode o povo mudar de sentimento
será que o povo é leviano
ou o herói era um canastrão?
que conseguiu enganar
aos de bom coração
menos o duro do Boninho
que pelo jeito enxerga muito
não se deixa ludibriar
tem muito tempo de malandragem
como dizem aki na minha terra
tem muito tempo de sereno
eita ! o cara é esperto
insinuou muitas vezes
não deu moleza pro rapaz
apertou de tudo qto era lado
fez indagar o Bial
e a tal máquina da verdade
será que o cara enganou?
sei não, sou cegueta
por isso fácil de ser enganada
mas que ele não me convenceu
e não foi da sexualidade
porque não creio ser "boila"
acho dificil alguem não revelar
pois tenho quase certeza
que apareceria um desafeto
e sua opção revelar
mas foi o seu caráter
ou melhor sua conduta
era da fato nele centrado
e mesmo encantado
não a defendeu o rapaz
em nenhum parco momento
nem para a camera divulgar
foi duro com a tal moça
à que se dizia encantado
e parece que aki fora
foi mais rispido o rapaz
e a forma como agiu
na certa a ex-BBB feriu
e com ela as suas fãs
que não perdoam o gajo
não confundam com pato
pois na verdade é o campeão
e porta-se e age como um pavão

Fênix

Photobucket

Não posso deixar de falar
O quanto te admiro na luta
Para ressurgir das cinzas
Feito uma fênix de ouro
Luta e consegue
Se desenlaçar das tristezas
Fugir não é seu destino
Enfrentar é mais o seu ritmo
E assim poderá mostrar
A todos que a querem ver sumir
Que da cinzas também pode sair
A mais valiosa das mulheres
Quero vê-la assim maravilhosa
Brilhando de braços abertos ao futuro
Sozinha também se luta
E se consegue ganhar uma batalha
Mesmo com muitos inimigos
Veja que já és um símbolo
De brilho, luta, e carisma
Não esqueça nunca
Que somos sua retaguarda
Se precisar de ajuda
Tenha certeza que acharás um batalhão.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

assim não dá!


assim não dá
vc não pode me despejar
não sei nem o que falar
vc me abriga em sua casa
desse teto que usufruo
vc agora quer me tirar
assim não dá
isso não me parece certo
eu tenho mesmo é que ficar
é direito de um cidadão
assim não dá
nessa nossa união
vc trabalha e eu não
tenho sonhos p/ o futuro
e agora essa desilusão
assim não dá
essa eu não mereço não
foi vc quem me traiu
e acabou com a união
mesmo sendo uma mulher
dos meus direitos não abro mão
quer que eu saia da sua casa
com isso não concordo não
e os tais dos meus direitos
e todos os meus respeitos
quer me botar na rua?
sei que a casa é só sua
mas como noivo traído
tenho direito de ficar
cabe a vc sair
e esperar p/ voltar
qdo na vida me arrumar
libero sua casa pra vc
mas assim como vc quer
não dá , assim não dá não!

quem procura acha!



já dizia minha avó!
não sei e sou amarga
ou apenas realista
é esse povo que teima
e faz questão de se enganar
é duro aprender a lição
mas lição já ensinada
faz a vida descansar
mas a teima e a persistência
fica por conta do agente
se vc está saudável
vai ao médico pra procurar?
se vc esta de bem com a vida
e seu coração em paz
procurar enrosco errado
é de fato procurar
lendo a nota de Solange Couto
não deu para sossegar
e deixar de opinar
saiu agora de um casamento
de forma das mais desastrosas
não deu para esperar?
agora já entra noutro
com tudo para não dar certo
vão dizer os otimistas
que estou azarando a moça
pera ,pera, quais as chances
dela não se desiludir?
o cara é um menino
e ela quer o que ?criar?
então é melhor adotar
ao estilo Madonna
que pode o que esperar
de um relacionamento
tão desequilibrado
e não me venham com xurumelas
que o cara é maduro
que a natureza é quem manda
e o amadurecimento é relativo
mas não esperem de alguém
com quase vinte anos
que se porte como adulto
e mantenha -se fiel
à solanges e madonnas
ou mesmo a susanas
que se dizem ser meninas!


quarta-feira, 29 de julho de 2009

O Circo


nesse circo virtual
cada um com sua função
repare que se acomodam
nos moldes da sociedade
há quem procure ser o pai,
mãe ou avô ,ou um irmão
há quem que ser protegido
e como um feto se recolhe
no ventre que lá não existe
há o que banca o provedor
e o que quer ser o provido
há o curador das feridas adquiridas
e há o que se mostra frágil
esperando uma guarida
claro tem o fofoqueiro
e o das fofocas, o criador
tem o fácil e o difícil
deve ter até o ladrão
e também o mentiroso
porque ali se repete
o que somos em milhôes
o mais limpo e o menos
porque a higiêne é cultural
mas essa diversidade
é que nos encanta e atrai
e prende a nossa atenção
a forma como interagem
e se for bom observador
preste atenção no semblante
e pelo olhar do sujeito
vc entende a mensagem
e sabe até o que ele sente.

(texto bengala de cego)

eita pato egoista!



não fornece matéria não
abandonou as fãs
e as que não são tb
encerrou muito tratamento
deu motivo para estresse
afinal saiu da midia
e dele nada se sabe
nem nós os ceguetas
que tínhamos informações
estas privilegiadas!
deixou órfãs na net
não só nos blogs de homenagem
mas também nos terapêuticos
naqueles aonde era trato
tratavam se as velhinhas
bandidas ou não da tal net
fornecia argumentos
e vasto material
e que mesmo qdo era escasso
rendia pra nós um bocado
retirou -se pra SBC?
essa duvida está no ar
reaparecerá no Multi
muitos torcem por ..será?
tomara que se acerte
e retorne para a midia
que será muito bem vindo
senão pelo seu talento
que é pura diversão
mas pelos seus ditos e atos
que nos fornece material
que tão vasto se estuda
e sem qlq desacato
é motivo de terapia
e de papo aki na net!


terça-feira, 28 de julho de 2009

Brilha brilha estrelinha!

Photobucket


Brilha...brilha estrelinha
Não te apagues justo agora
Esta é a hora de tu brilhares
Saia de trás da lua
Ela não deixa tua luz passar
Eu sei que você tem muita luz
Não queira esconde-la
Para que a lua brilhe mais
A lua tem o seu brilho natural
Porque precisa do Sol
E você também precisa do Sol
Então porque não deixar passar seu brilho
Todos dependem do mesmo astro para brilhar
Só que tem estrelas que brilham mais do que a Lua
Não é por culpa dela, mas é que é assim que Deus quis
Não queira apagar a luz que Deus te deu por conta de uma lua
Brilhe porque sua luz também ilumina nosso mundo
E nos traz esperanças de um mundo melhor
Traz alegria aos enamorados

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Meu guri






guri , ai é o meu guri
entrou pro BBB
pra nossa vida arrumar
fez tudo como devia
mas errou ao se apaixonar
ou será se aproximar
não sei no que acredito
mas certo isso não deu
tentou se dedicou
fez de tudo pra dar certo
mas o romance não logrou
e o meu guri se machucou
ai guri. ai é o meu guri
foi vitima da Boninho
e na certa do Bial
que nele desacreditaram
e humilharam o meu rapaz
mas ele persistente
e na dele acreditou
e a tudo enfrentou
até a fama de não-rapaz
e esse é o meu guri
guri , é o meu guri
sagrou-se campeão
e levou o tal milhão
com a grana estou contando
pra reforma em Marica
da familia se distanciou
de cabeça virada andou
esqueceu o que prometeu
enfeitiçado por uma mulher
mas o encanto acabou-se
e por fim se separou
e o meu guri voltou
guri , é o meu guri
Só falta cumprir o que prometeu
De completar o barraco
Que por muito tempo tbém foi seu
E estamos aqui esperando
A parte do quinhão que temos direito
Por fazer tudo certinho como o combinado.


domingo, 26 de julho de 2009

Mudanças



Mudanças sempre são benvindas
Demonstram que vc quer uma nova vida
Uma nova identidade
Se despir do passado
Começar quem sabe do zero
Jogar o lixo no lixo
Sacudir a poeira das costas
Jogar suas lembranças fora
Suas recordações para dentro de uma caixa
Começar vida nova
Começando pelos cabelos
Um bom corte no comprimento
Mudar o visual e mudar a imagem no espelho
Sentir-se uma mulher renovada
Preparada para um novo futuro
Sem as amarras do passado
Há se tudo fosse tão fácil como descrevi
Hoje todas estaríamos no salão
Trocando a cor dos cabelos
Ou quem sabe com um novo corte
Mas a vida e as coisas não são bem assim.
Encarar as mudanças não são fáceis
Pensar em mudar já é trabalhoso
Quanto mais fazê-las....
Mas quando a vida não nos dá outro caminho
É melhor seguir na direção da luz
Onde há luz há esperança, e felicidade com certeza.

MÃO DUPLA!


o ódio cega e emburrece

tira o que existe de bom senso

e a capacidade de pensar

faz a pessoa tomar atitudes

que lhe acarretam prejuízos

faz atirar no próprio pé

pensando em agredir

e até em humilhar

o objeto da ira

se entrega e se detona

sem sequer perceber

e se magoa sem notar

porque a ira tem mão dupla

ela vai e tb volta

e ataca o agressor

na mesma proporção

que é vitima o agredido

e como todo ato burro

deixa margem pra revide

que se não é pelo agredido

é na certa pela vida!

sábado, 25 de julho de 2009

VERDADES E MENTIRAS CONVENIENTES


O que é Verdade e o que é Mentira?
A verdade é uma só?
Dizem que pode até ser três, a minha a sua e a verdadeira, algumas fatos outras versões.
Disponível ou não basta que aqueles que tem respostas aos fatos estejam disponíveis a enxergá-las. Comum é o partidarismo, pois do contrário colocaria em cheque: valores, crenças, hábitos e convicções ocas e sem nenhum fundamento, que dão sustentação ao vazio vivido, mas cheios de reverência social.
A verdade “fala” exatamente como a mentira, portanto é o intérprete que irá julgá-las. A linguagem usada são fatos. A segurança é manter distância, pois quem se arvora a ser o portador convicto pode ser o louco da questão.
Conhecer e rotular verdadeira ou mentirosamente, jamais mudará a realidade dos fatos. O que muda apenas são as atitudes que alguém toma a partir de que conhece a verdade ou a mentira.
Porém mesmo depois de conhecer e dar o veredito, posso querer continuar na mesma, insistindo em crenças que dão sustentação ao meu pensamento ou decisão.
Uma coisa é conhecer, outra é aceitar e ainda outra é ser prático e honesto o suficiente para realmente mudar, mesmo que vá na “contra mão” daquilo que foi defendido apenas por agradar.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

já não fazem homens como antigamente..


isso já dizia minha avó
não carregam mais lenços no bolso
para ceder á dama qdo precisar
não abrem a porta do carro
não lembram de deixar
a mulher primeiro passar
não carregam seus embrulhos
e qto a cadeira nada de levantar
para a moça sentar
tudo isso pode ser resultado
da tal da emancipação
ou da igualdade dos sexos
sei lá , do quê?eu não sei
mas o que não posso aceitar
as anteriores até aceito
é a falta de cavalherismo
no termino de um namoro
ao homem sempre coube
a famosa descrição
que a nossa sociedade
conivente e zelosa
não procurava a verdade
e assim qlq assunto
era dado por encerrado
e também a indiscrição
de um ex ou quase-namorado
que como pseudo ex se posicionou
reclamou da divulgação
rejeitou a tal fama
fiquei com a impressão
que não gostou de ter seu nome
ao BBB associado
mas que surpresa hoje tenho
ao ler a declaração
em que revela intimidade
e declara ter sido procurado
pelo aparelho de Grahnn Bell
porquem se incomodou
qdo seu nome divulgou
será que o cara mudou de ideia?
curtiu a fama associada
será que de alguma forma lucrou?
e não deixou escapar a chance
de pra midia retornar.

ATCHIM!


Saúde??!! É gripe??? E mais uma vítima se faz!

Não é nada de mais. É só uma gripezinha correr pra quê?

Ah! Sai pra lá, eu sei como termina, ó aqui jaz!

Lá nos hermanos já são cem mil, por aqui quase mil.

E agora? O que fazer, como se proteger?

Nada, fala o governo, está tudo em paz!

Como assim? Já foram três e nada se fez?

Não era mais simples do que a gripe comum?

O inverno, o frio, tudo agrava e nada se faz!

Quantos precisam morrer pra algo se fazer?

Enquanto isso a gripe se alastra e a saúde se encolhe.

O caos impera ninguém fala nada, todo mundo se cala.

O caso é sério, o governo diz que está tudo sob controle.

Mas quem está protegido? O pobre? Que come pouco e mal?

Que não tem resistência. Que está com frio. Que passa fome.

A quem vai recorrer?Quem vai socorrer?Onde está o remédio?

É caro. Fique claro. Onde está o poder? Onde está o governo?

E os atos secretos? Ah senhores do poder nos deixem viver!

Por: Lamparinas Acesas

quinta-feira, 23 de julho de 2009

a vingança


não tenho como ignorar
o texto da revanche
o campeão ignora
a vingança feminina
não observou bem
ou na certa não ligou
pro que aconteceu com Pitta
e muitos outros casos
que não me ocorrem agora os nomes
pra lembrar e recordar
ele precisava conhecer
ainda mais por no meio delas viver
saber que a alma feminina
não perdoa injustiças
e ainda mais ingratidão
e se tem que engolir
com o tempo absorver
mas na certa não esquece
o que se vai fazer
é da nossa natureza
ninguém faz por querer
é algo de muito forte
que não nos faz esquecer
e só ficamos esperando
o momento acontecer
de devolver a magoa
de saborear uma vingança
qdo ela vir a ocorrer.

Parabéns Iris Stefanelli!

Photobucket


Agora que o tempo passou
E você se firmou com grande estilo
Posso dizer que sempre te admirei
Não foram somente seus olhos
Mas sua capacidade de mover moinhos de ventos
E sua força descomunal para superar todas as tempestades
Foi sua beleza interna , sua doçura , seu sorriso
Quero na verdade te agradecer neste dia
Porque me fez repensar na minha própria vida
Em tantos obstáculos percorridos e sempre saindo vencedora
Você nos da força, nos mostra sua força, nos ensina o caminho
Que a vida não é somente feita de sorrisos
E sim de muito trabalho, estudo e dedicação
Sem falar de sua paciência para com seus fãs
Sempre tão carinhosa e atenta
Sua vida para nós é um grande ensinamento
E por isto neste dia de muito carinho
Queremos desejar a você um pouco de nosso amor
Que vc receba abraços recheados de energia
Energia que a abastecerá para mais um ano de vida
Que escute o som do canto dos amigos e parentes
Que a musica a acompanhe como um coral de anjos
E que a ajude a trilhar os percalços e encalços
E que transforme o caminho numa alameda florida
Não deixe de apagar um vela e se possível num belo bolo
Porque a luz dessa as vezes única vela te iluminará pelo ano
Cumpra todos os rituais na comemoração do teu aniversário
Eles foram criados por gerações anteriores e tem sido mantido
Acredite não são em vão e não são meros costumes
Eles de fato te fortalecem e te recarregam de energia!
Nossos sinceros votos de um feliz e maravilhoso aniversário.

De: Nó&Bengala e todos do blog do Nó Cego e Bengala de Cego

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Quando os latidos cessarem



Dizem que quem late não morde.Será?
Dúvidas pairam pelo ar:
Quem tem razão?
Quem é o mocinho?
Quem é o vilão? O Pato bundão ou a Dragonete Vermelhão?
Quem roubou o meu queijo?
Ou o queijo é seu?
Ainda se tem contratos a cumprir?
Esse quadro é a realidade que assistiremos?
Será que teremos que engolir Dragonete Vermelhão?
Nossa! Muitas perguntas, poucas respostas:
Um late daqui, outro late de lá
Parece que a nós só resta esperar
Enquanto isso eu fico aqui, sem latir, só observando e degustando
E aproveito para, enquanto esperamos, convidá-los:
- Vai um pato aí ?

Por: Cão Guia

terça-feira, 21 de julho de 2009

Todos cobram porque eu não posso?


Todos nós sempre fomos cobrados de alguma forma
Primeiramente pelos nossos pais
Para que a gente estude, não brigue ..
Enfim que sejamos boas pessoas
Depois vem os professores que tbém nos cobram
Eles querem que a gente aprenda e se torne um ótimo profissional
Quando estamos mais maduros , vem o chefe no trabalho
Quer tudo muito certo e no seu tempo com total habilidade
Tem os amigos que nos cobram amizade
Tem os parentes que nos cobram união
Tem os governantes que nos cobram os impostos
Tem a sociedade que nos cobram nossas atitudes
Se todos podem cobrar acho que tbém posso?
Quero saber sim certas coisas
Como assinante, como votante, como consumidora
Como indivíduo, como ser pensante, como eleitora
Faço meus questionamentos aqui sempre que posso
Escrevo aqui minhas dúvidas para que alguém possa me esclarecer
Não adianta vir aqui tentar me exterminar
Pois eu sou a mosca que pintou pra azucrinar


segunda-feira, 20 de julho de 2009

Vazio

Photobucket


Acabo de acordar
E olho para o lado
Seu lugar esta vazio
Frio e sem nenhum perfil
Ninguém com quem eu possa falar
Muito menos que possa me acarinhar
Mesmo sendo carinhos vazios
Ou mesmos algumas palavras roubadas
Estou me sentindo um pouco fora do trilho
Diria mesmo que me sinto totalmente vazia
Vazia de emoção
Vazia de dor
Vazia de amor
Somente um sorriso pálido em meu rosto
Me olho no espelho e não gosto do que vejo
Cabelo laranja desbotado, todo desgrenhado
Sinto que tudo foi em vão
Me sinto usada e desrespeitada
Quero um colo mesmo que não seja o de minha mãe
Mas agora não posso ter, preciso enfrentar a tempestade
Preciso levantar, mudar, amadurecer
Parar de brincar de casinha
Chegou a minha hora de crescer
Deixar meus brinquedos de lado
Rever tudo que fiz de errado
E pedir ajuda para alguém
Porque neste momento eu só quero dormir
Dormir e esquecer que tudo acabou de uma só vez
Não tive direito a réplica nem a treplica
Fui acusada, e nem pude me defender
Somente o direito de ficar calada
Foi me dado para poder responder
E assim termina nosso amor ........

Manipular não!



não sei se dou risada
ou se choro com o que vejo
dois anos se passaram
e a história se repete
eita! povo carente,
de amor e de romance
esses frequentadores da net
entre eles me incluo
e carrego a Nò tb
se bobear Lanterna
e a tal da Lamparina
somos de fato apaixonadas
apaixonadas pelo amor
não importa os protagonistas
pode crer que é assim
todo o amor nos encanta
por ele torcemos e sofremos
conosco não me preocupo
vamos a tempo acordar
o romance racionalizar
e o rompimento aceitar
mas temo pelos mais jovens
adolescente e pré
que se encantaram
pelo casal fofurinha
e agora sofrem desconsolados
e esse tal do sofrimento
creio que vai se prolongar
por conta da esperança
já dizia Nietchie
é do ser humano inimiga
ela para vc no tempo
no assunto e na vida
vc passa a sonhar
e por ela se deixar manipular
e qdo se é jovem
mais difícil é superar
por mais que vc alerte
não existe como evitar
vão sofrer por algum tempo
e se forem manipulados
por um tempo maior
espero que os interessados
que de alguma forma lucrem
por dinheiro ou por vaidade
respeitem o sentimentos
desses jovens inexperientes
que na verdade quase crianças
e não os alimentem com mentira
se não gerem esperanças
já que sabem que serão em vão
se atenham a realidade
e na certa ao bom senso
não façam para esses jovens
o que não querem pra si!Bengala &Lanterna

domingo, 19 de julho de 2009

É COMO UM JOGO DE XADREZ




cada peça é mexida
e provoca uma reação
só nos cabe aguardar
para ver o novo movimento
e tentar analisar
a primeira foi lançada
e foi por parte do pavão
não se assuste não é jogo de bicho
porque esse não pode não
todos dizem que é contravenção
a dama ficou quietinha
não mudou a posição
os peões em sua volta
acreditam na jogada
que a Dama está mais certa
que deve ficar na dela
e dar corda pro pavão
que se porta como REI
ou se julga mesmo um rei
que com sua atitudes
no mínimo deselegantes
está se queimando
e a sua índole aflorando
numa terra de elegantes
semeia-se as vitórias
e se assume as derrotas
o que o gajo não fez não
foi pra midia se desculpar
ou melhor se justificar
garantindo ter tentado
e ser vitima de fato
de um amor desastrado
que o corroeu de paixão
mas que sucumbiu no tempo
por excessos de ciumes
coisa com que não suporta
e já a muito decidiu
que com isso não vai viver
qual será de fato a verdade
e o real motivo do desmanche
eu não sei e Nò tb
acredito que com o tempo
tudo será divulgado
e se foi o tal ciumes
isso será apurado!

A tal da gratidão


nem Fran é Siri
e nem Max é Alemão
mas nessas duas histórias
há muitos pontos em comum
e vai além do encantamento
da repercussão do amor
o que mais me chama a atenção
e o tal da gratidão
eita sentimento nobre
que pode se tornar um" trambolhão"
é claro que os campeões
sempre tiveram noção
do qto deviam a parceira
sair dono do milhão
mas claro que no inicio
renderam a tal homenagem
de certo se sentiam gratos
e devedores da metade
mas como o ser humano
é de fato complicado
essa tal de gratidão
passa com o tempo a pesar
e num processo bem do homem
começa a desvalorizá-la
e o tal ser grato passa a ser ingrato
e num processo de resguardo
e evitando qlq culpa
começa a se valorizar
e a duvidar do que pensava
e acaba descobrindo
que de verdade
não tem que ser grato
que não deve nada a parceira
que tudo que conquistou
só deve sim a si mesmo
ele é o cara e mais nada!

sábado, 18 de julho de 2009

O ônus do fracasso

Photobucket

Quando nos preparamos para assistir um espetáculo, uma ópera, por exemplo, criamos expectativas do quão bom este será. Vestimos-nos com nossa melhor roupa, usamos nosso melhor perfume, buscamos uma companhia agradável para compartilhar conosco aquele momento único. Mas ao prostar-nos diante do palco, por algum motivo, não gostarmos do que estamos vendo, vem o gosto amargo da decepção, da desilusão. Pensamos, droga perdi meu tempo com isso! Mas quando somos nós mesmos os protagonistas? Aquele gosto amargo transforma-se em dor, em sofrimento. Não ouvimos os aplausos, a platéia ficou inerte. As cortinas se fecham e as acusações começam. De quem será o ônus deste fracasso? Um dos protagonistas culpa o outro. Você não se empenhou o quanto deveria, para merecer o aplauso! O outro se cala por que sabe que se empenhou tanto quanto poderia e sofre. E quanto aos espectadores o que acham? Qual dos protagonistas culpam ? Nenhum. Por que os dois são culpados. Ambos não se empenharam o quanto deveria. Um é culpado por achar que fez tudo, e jogar a responsabilidade para o outro. Como assim? Sempre há o que fazer, mais uma chance a dar! O outro por ceder demais e dá sempre razão para aquele que se julga o melhor, inferiorizando-se, normalmente quem assim age é por que está mais envolvido, por que ama mais e sofre mais. Principalmente quando se projeta neste espetáculo, sonhos, objetivos de uma vida. Numa relação, torna-se mais complicada e dolorosa, quando outros se envolvem, achando-se senhores da razão e no direito de tomar partido e acusar. Quem sabe deles são eles mesmos. Família, “amigos” falam aquilo que será bom para os seus só olham para um dos lados. Só tendem a piorar a situação. E o que era pra ser apenas uma discussão, um briga, torna-se uma guerra, onde todos saem feridos e magoados. Aqueles que se calam e agem com cautela o fazem sabiamente, por que onde tem sentimento envolvido, o melhor mesmo é calar-se e esperar para ter certeza do que realmente se quer e o que se sente. Ainda que todos cobrem, isso é firmeza de personalidade e caráter. Se for o perdão, tudo bem se você for ficar bem! Se não, ótimo também, o que importa é você ficar bem. A torcida por sua felicidade continua. Depois de uma noite turbulenta, vem sempre a serenidade de um novo dia.

By: Lamparinas acesas...

Hoje e amanhã


Hoje não sou mais como ontem
E amanhã mudarei novamente na minha forma de ser
Cada dia que passa aprendo algo novo
E me desfaço de idéias ou ideáis que imaginava serem bons
Jamais devemos parar no tempo
Precisamos segui-lo na mesma velocidade que nós leva
Se hoje gostei de algo, amanhã por qualquer motivo posso deixar pra lá
Cada dia é um novo dia e cada novo dia uma nova história
Somos nós quem fazemos nossa historia de vida
As vezes amarga ,as vezes doce e as vezes assim sem nenhum sentimento
Mas viver é isto mesmo, mudar a cada novo acontecimento
Deixar suas entranhas se manifestarem sobre seus sentimentos
Não aceitar as coisas e palavras prontas feitas por algum movimento
Não se deixar levar por qualquer aborrecimento
Tentar fazer as pessoas te amarem sem nenhum subterfúgio
Saber a hora de falar, a hora de calar e a hora de mudar
Mudanças são sempre bem vindas, isto quer dizer que algo aconteceu
Que de alguma forma você olhou para seu eu interior e quis mudar
Tentou melhorar de alguma forma sua vida, suas atitudes e suas fantasias.


sexta-feira, 17 de julho de 2009

E o Príncipe virou Sapo?


Ou era apenas uma pessoa normal que você enxergava através de lentes e distorções produzidas pela mente?
O que é real e o que imaginário?
Ouvimos histórias sobre os príncipes no começo dos relacionamentos, depois de alguns meses eles viram sapos, ou melhor, voltam a ser quem sempre foram, nem príncipes, nem sapos, pois essas percepções só estavam na mente de que os criou. Importante lembrar que homens, também buscam uma mulher perfeita e que viram simplesmente uma mulher normal no cotidiano da relação. Em verdade, todos querem apenas um relacionamento feliz e harmonioso. Cada um dentro de sua realidade e contexto de vida.

Compartilhar a vida é também aceitar o outro como ele é e poder extrair seu melhor. Não se pode ou deve depositar suas carências e dependência no outro. Ser livre é saber viver para si, e aí sim abrir um espaço para o outro, não querendo que ele cubra uma “brecha” na vida.

Algumas pessoas vivem a vida como se existisse um concurso para eleger quem será o seu namorado(a) e com esse comportamento, deixam de viver a vida como ela é. O problema surge quando a pessoa escolhida não condiz com o modelo imaginário, então, já não há mais interesse.
Será que se relacionar é apenas ter outra pessoa ao lado que supra as carências?
Ideal seria aceitar o outro como ele é e tê-lo ao lado por admiração concreta e real. As carências deveriam ser supridas por cada um e não por outra pessoa.

Existem muitas maneiras de se viver a própria vida ao lado de outra pessoa. Viver uma ilusão ou a espera de uma mudança no outro ou em si mesmo só leva à frustração. Os indivíduos simplesmente SÃO.
A vida é feita de momentos e de sonhos que podem ser concretizados se houver interesse e dedicação. Deve-se aproveitar a vida e vivê-la intensamente. Aceitar as experiências, vive-las apenas, assim fica mais fácil encontrar alguém muito especial.
Não queira alguém pelo que ele representa e sim pelo que ele é. Permita-se “enxergar” o outro, não imaginar o que mudando neste individuo poderia torná-lo perfeito. E a frase: “ Você deveria mudar ...” cairia de certo no ostracismo e com certeza seria bem mais fácil entender o que é conjugar em prol da convivência.

Os que se “acham” grandes, fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro “grande” é aquele que faz com que todos se sintam exatamente do mesmo tamanho que ele acredita ter.
(Chesterton)

quinta-feira, 16 de julho de 2009

micagens


como disse a amiga
ou melhor a sua avó
são micagens e nada mais
mas garanto que me irritam
e me parecem fora de hora
tá na hora de posar
pra que não se arrumar
ou expressões apresentar
já tivemos o da língua
não havia foto em que o menino
a tal não expunha e exibia
isso de fato chocava
deixando de lado o passado
remoto mas não muito remoto
agora observo os trejeitos do campeão
se não morro de amores
nada tenho contra, não
mas que me irrita um pouco
é não ter uma foto normal
daquelas dele sorrindo
ou apenas posando
pra que tanta micagem?
hora exibe os braços
ou será os antebraços
agora não lembro, não
qdo isso não acontece
são expressões fáceis
que considero desnecessárias
não me chamem de fofoqueira
nem de tão pouco retrógada
só falo do que constato
e de fato não me agrada
nas fotos do campeão

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Meias verdades


Será que estamos assistindo a verdade dos fatos
Será que estamos certas de fato
Será que não aprendemos nada por certos atos
Quando será que vamos participar de um papo
Onde todos possam falar as verdades no ato
Sem meias palavras ou mentiras escondidas
Gostaria que chegasse o dia onde todos seguiriam
A verdade, verdadeira, e não a mentira escondida
São atos falhos este nosso comportamento
Talvez seja, porque queremos saber demais?
Nem da vida nem da morte sabemos nada!
Nem no céu assim como na terra não sabemos de nada!
Porque então esta vontade de saber das verdades
As verdades não existem, elas são de cada um
Minha verdade não é a sua, nem a sua é a minha
Porque levar esta discussão além da imaginação
Se fomos feitos para ter milhares de explicações
Não gosto de discutir meias verdades, elas me fazem imaginar
Em mentiras na verdade, sem nenhuma explicação
Então siga o seu caminho de mentiras ou verdades
Que eu vou procurar seguir o meu de verdades nas mentiras
E procurar saber com certeza quem é que tem a razão.

terça-feira, 14 de julho de 2009

A arte de ser feliz




É sempre difícil falar em término
Término de vida, término de amores
Término de namoros, casamentos....
É como, quando uma ferida se abre bem grande
E a todo instante não para de latejar de dor
A coisa é tão doida que nem temos vontade de falar
Nem comer, nem andar, nem pensar...
Sabendo de tudo isto , aqueles que já passaram por isto
Não podem e não devem cobrar atitudes neste momento
O momento é para pensar e refletir no que aconteceu
Se você fez a coisa certa, se fez a coisa errada
Isto só o tempo irá lhe dizer
Só não podemos esquecer que estamos a busca de nossa felicidade
E se este não for o caminho que leve você a ele
Talvez o melhor é parar, pensar,reavaliar, sofrer, chorar......
Uma hora com certeza você chegará a entender
Que talvez aquilo que tanto te fez sofrer, seja uma prova
Prova que Deus existe e esta só querendo o seu bem
Na hora não entendemos, as vezes até nos revoltamos
Mas ele lá em cima sabe direitinho o que será bom para nós
Então nesta hora o melhor é se recolher e tentar ver o lado bom da coisa
Quem sabe esta separação é para vc sentir que realmente é aquilo que quer
Quem sabe esta separação já deveria ter acontecido
Quem sabe esta separação unirá mais as pessoas, ou vc com a pessoa.
Tudo no momento parece imperfeito e com defeito
Mas com o tempo tudo se ajeita e a gente se aceita e volta a ser feliz.

a inveja...


Eta sentimento difícil de esconder
se não aparece no olhar
de alguma forma se vê
nas palavras proferidas
mesmo que camufladas
até ditas com amigos
mas sempre vem na alfinetada
por mais que se policiem
não aguentam e se entregam
até mesmo como defesa
sua ou de algum amigo
nem o cara das pulgas
homem público e até querido
consegue a inveja esconder
e sempre q/ pode alfineta
pois dá à sua critica
ares de nobre
defendendo uma boa causa
que é a sua na verdade.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

liberdade

Photobucket

para as borboletas ,
para os jovens,
pro casais ,
e para Fran e p/ o Max
que decidam sua vida
e que rumo devem tomar
e se junto querem ficar
tudo só depende deles
e das escolhas pessoais
temos sim que respeita-los
e não nos cabe nem torcer
por que não sabemos de fato
o que será o melhor a acontecer
o passado já nos mostrou
a força que vem da net
quanto foi duro e difícil
e diria até penoso
para uma tal caipira
se desvincular de um alemão
o povo assim não queria
houve tudo que foi possível
até mesmo a tal torcida
e com ela foram preces
missas e até mandigas
e até hoje não se sabe
o que isso acarretou
temo pela torcida
pelo que pode acontecer
vamos usar o tal passado
e a lição aprendida
nossa parte foi votar
e acessos p/ ajudar dar
qto a vida pessoal
só nos cabe observar
akilo que nos permitam
e torcer sim para ocorrer
o melhor pra cada um!

Arbitrário?




Do seguinte modo: a razão não é o único instrumento na procura da verdade. É?
Defender-se a razão enquanto a única ou a melhor via para a verdade sem argumentar de forma circular. Logo, aceitar ou não a razão e o pensamento crítico é uma questão de preferência pessoal ou arbitrária.

Aceitar este tipo de argumento pode encarar razão e o pensamento crítico como importantes e interessantes. Pessoas pensam que não é possível decidirmo-nos, com base em quaisquer princípios, a favor de um dos jogos em detrimento de outro.

O argumento centra-se no suposto dilema de defender ou acusar. A primeira alternativa do dilema é circular, a segunda arbitrária. Logo, conclui o argumento, não se pode defender a razão (nem levantar objeções à “desrazão”) de forma apropriada.
Mas com certeza que temos de considerar a alternativa: como poderemos defender a “desrazão” ou a tradição. Autoridade e/ou Revelação?
Uma vez mais, um dilema: ou o fazemos racionalmente ou não. Se há boas razões a favor da tradição, autoridade e experiência, então estas não são formas a-racionais de procurar a verdade. Nesse caso, vale limitar ou alargar o domínio da razão. Se, por outro lado, defendermos usando a razão ou a falta dela, estaremos a usar o mesmo modo circular de raciocinar que usamos para defender a razão. Assim, qual das alternativas é melhor? Defender a razão circularmente ou defender simplesmente a “desrazão”?

domingo, 12 de julho de 2009

Concentração em certas horas


nós somos as velhinhas bandidas da net
mas sabemos sorrir e brincar
não levamos tudo a sério
somente o que de fato importa
se defendemos alguém
é contra qlq injustiça
e se incomodamos tb
deve ser pela nossa concentração
mas não se preocupem os mais jovens
no ato não há qlq tipo de maxilicia
sem maldade ou agressão
aceitamos as gozações
e de fato não nos incomodam
porque não nos ofendem as brincadeiras
antes de vcs zoarem sairemos na dianteira
e não precisa de arrudão para qlq proteção
ela é natural p/quem fala a verdade ,
não inventa e nem calunia
porque isso não quero não
sabemos ver sem enxergar
é um milagre da natureza
essa pratica sempre existe
principalmente nos ceguetas
que enxergam sem ver
e de tanto assim brincar
deixam de lado a lanterna
encostam as tais bengalas
e respondem aos xeretas
duelando em brincadeira
e admirando o que devem
e ignorando o que podem
mas na certa sem qlq medo!

tributo à relatividade...




não sei se é ousadia
pretensão ou ou sem noção
mas ouso afirmar que tudo é relativo
o que um dia foi algo sério
e até motivo de lagrimas
se não de muito aborrecimento
acompanhado de magoas
com o tempo muda o foco
e com ele a sua importância
e de um ato e fato sério
se transforma em algo hilário
e se risos não nos trazem
podem ser indiferentes
não nos tocam ou não dizem nada
estão relegados ao esquecimento
é até engraçado dele recordar
que sofrimento inútil
ele já um dia nos trouxe
hoje o leio ou o recordo
e se alguém dele ri
e rio tb "aos cântaros"
só não sei se rio dele ou de mim
por ter levado tão a sério
o que de fato não era
e de ter considerado
quem de fato nem merecia!
Por :Bengala de Cego

sábado, 11 de julho de 2009

O CEGO


Não querer ver ou ver somente o que se quer é cegar-se para a vida, para o que surge de novo, para o amor, é desistir de evoluir. Deixar de evoluir é envelhecer, é morrer em vida!

Quantas vezes não nos permitimos ser felizes por não querer ver além do que é nos mostrado? Por ter uma visão una, reta, não olhar para os lados. Por cerrarmos os olhos para não ver aquilo que vai de encontro ao que achamos ser o certo, o correto e não olhamos o outro lado da historia e simplesmente deixamos de dialogar, de viver o novo, nos guardamos em uma casca por que assim é mais fácil viver. Quantas vezes não erramos por ver apenas um pedaço da historia, apenas um fragmento dela? Apenas aquele momento. Julgamos e condenamos por não conhecer, por não querer conhecer, assim é mais fácil. Pra que procurar vê-la no todo? Inseri-la em um contexto? Pra que ver todas as etapas e como aconteceu, ver o antes, o agora e procurar entender o depois. É dá mais trabalho mesmo. Mudar cansa, tira o sossego, assusta, os covardes pensam assim. Acomodar-se em pensamentos preconcebidos, é cegar-se. É fácil dizer não concordo com isso, não acredito nisso, difícil é explicar o porquê. È ruim concordar com a maioria, só por que se está em maioria, mas pior mesmo é achar que minoria está com a razão, por quê?como?. Radicalismo gera intolerância, que gera preconceito, que gera guerra, que gera mortes, que destrói o amor, a amizade, a fraternidade, o belo, o sorriso, o olhar...aí tudo se apaga e não vemos mais nada.

A palavra tem seu sentido completo numa frase, oração, parágrafo. O olhar não, ele fala tudo. Abrir os olhos faz bem. Olhem, Vejam e Vivam!

Para Refletir, um ditado chinês: “Mesmo sabendo ser impossível, foi lá e fez!”

By:

Lamparinas Acesas por que minhas idéias são claras ou são claras por que as lamparinas do meu juízo ainda estão acesas????.Não sei.

Por: LAMPARINAS ACESSAS


sexta-feira, 10 de julho de 2009

resposta para maria


Muito engraçado...kkk
tô rindo só de ler
e nem sequer comecei
como vc deve saber
aki se escrevemos o que queremos
e ainda mais o que podemos
se vc não nos entende
é melhor aki não parar
leia quem vc entende
acha certa e até apoia
mas não venha afirmar
o que não sabe e lhe apraz..
se falam que ele é gay
cobre do Pedro Bial
esse sim quem garantiu
e se duvidas colocou
a responsabilidade é dele
desde então corre o boato
e a duvida no ar
qto ao de fato assumir
me reporto ao Clodovil
que gritava os quatro cantos
que só podia garantir
que era gay quem com ele transou
como Nó nunca fez isso
só resta a suposição
e até mesmo a aceitação
porque o que ela não é
preconceituosa ou homofóbica
aceita numa boa as diferenças
e chego até a ser mais ousada
para isso ela é indiferente
qto ao Michael , Maria
quem comentou fui eu
a Bengala amiga do Nó
e acho bom vc saber
que se não basta o RG
nosso CIC tb é diferente
ser amiga é conviver
aceitando a individualidade
respeitando cada uma
a forma da outra pensar
só por isso nossa amizade
permanece forte e intacta
por parte do respeito
o que não senti no seu texto
partiu para a agressão
e até a tal ameaça
que só inibe os despreparados
ou tb os caluniadores
aki não somos irresponsáveis
e nem sequer insensatos
mas somos uma voz da net
e nosso texto reflete tb
as duvidas de muitos sensatos
e se me prolonguei
na resposta pra Maria
é em consideração as outras
Marias que aki vem
que são de fato merecedoras
desse texto e desse ato.

A calúnia


tenho medo e cuidado
com qlq difamação
estou lendo sobre Michael Jackson
ou melhor sobre a retratação
que atribuem ao garoto
que desde a sua morte
tem sido anunciada
que foi mentira a aberração
que o menino não foi
pelo cantor abusado
se isto for verdade
se de fato foi mentira
e que o pai o induziu
a mentir e a depor
tenho pena dos coitados
destruíram e enlamearam
a vida de uma pessoa
comprometeram-se de tal forma
e de forma irreparável
porque não a há desmentido
que apague o que foi dito
e a suspeita levantada
se movidos por dinheiro
mas mesquinho isso parece
a que ponto chega o ser humano
avultar a verdade
e a inocência de uma criança
coisa torpe e mesquinho
que se de fato foi verdade
que a criança foi manipulada
não pelo cantor mas pelo pai
caio no meu velho chavão
há´pais que deveriam nascer estéreis
não merecem a graça de procriar
e nem de serem chamados de pai!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Idiota!


Quem te aguenta?
Se não tivesses dinheiro
Se não tivesses poder
Quem você teria para sentir o teu máu hálito
Somente quem precisa
Por fora uma bela viola
Por dentro um pão bolorento
E azedo, porque fede!
Tua alma fede, teus princípios fedem
Tua existência fede
Nossa !!!! como tudo em sua volta
É malcheiroso e azedo
Esqueceram de te avisar
Que o tempo da escravidão já passou
Que o tempo dos grilhões não existe mais
Que o ser humano agora
Sabe se dar o devido valor
E não precisa mais aguentar
Gente como você!!
Eu quero mais é que você
Vá plantar batatas na vizinha
Oh coitada! não sabe o que a espera

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Incompetência


Decepcionante ver diversos profissionais não estarem realmente cientes de suas responsabilidades e incompetência ser tão clara no cumprimento de seus deveres.

O fenômeno universal atual preza pela incompetência em toda parte. Provavelmente todos já perceberam, mas melhor calar, “vai que” somos incompetentes também.

Servidores públicos, aos seus cargos, doados por nós mesmos, indolentes e insolentes, sacerdotes libidinosos, juízes corruptos, advogados incoerentes já não espanta mais como antes, pois teremos sempre o “causo” anterior a ser lembrado.

Ao constatarmos a incompetência em todos os níveis de todas as hierarquias: político, legal, educacional, comercial, industrial, etc...então a causa seria um aspecto inerente e moderno?

Um indício importante passa pela percepção que o competente foi promovido pra uma posição evolutiva que mostra a sua incompetência. Justifica?

Alguns excêntricos tentam evitar hierarquias e competência aprimorada, por isso muitos daqueles que chegam ao grau objetivo da incompetência ainda se sentem competentes.

Mais cedo ou mais tarde, chegamos ao cargo ocupado por nada mais, nada mesmos que nossa própria incompetência.

A incompetência é epidêmica. Contagia!

Qualquer profissional, formador de opinião contrata “fulano de tal”, pois “deve ser muito Bom” ou veio com o currículo mais usado, o “QI”, porque se não gostarem ainda haverá a desculpa que estamos ao mínimo em boa companhia.

Tempo é mais que dinheiro. É vida!

Então vamos ao contrato de um bom comediante ou uma boa banda. No evento, um porre de entusiasmo e, no dia seguinte uma ressaca de frustração.

Fica a esperança que esta situação seja apenas uma fase do desenvolvimento e que não se eternizará.

terça-feira, 7 de julho de 2009

E se fosse verdade?



Tantos já especularam
Tantos já declararam
Tantos já insinuaram
Mas na verdade provar é que é difícil
Se isto fosse verdade
Talvez algum desafeto já teria contado
Ou mesmo se fosse uma armação
Tendo uma companheira ao seu lado
Será que aceitaria tal situação
Não acredito nesta teoria não
Pode ser até que tenha sido bi
Mas o que temos à ver com esta situação
O problema não é nosso não
Se a companheira sabe e quis lhe dar atenção
Quem somos nós para palpitar na relação
Cada um sabe o que é melhor para sí
Então falem ou gritem para quem quiser ouvir
Se é, foi, ou será, que seja feliz na sua escolha
Porque hoje tudo é valido para ser feliz
Só não levem junto nesta escolha
Quem nunca pediu para estar nesta situação .......

segunda-feira, 6 de julho de 2009

TOLERANCIA


Para praticar a tolerância é preciso entender que existem tantas maneiras de ser quanto existem pessoas no mundo. Nenhuma maneira de ser é melhor que a outra, todas são formas únicas da individualidade de cada um.
A tolerância está ligada ao respeito e todos queremos ser respeitados.
Boa parte da história da humanidade aconteceu em uma época na qual a maioria da população vivia em pequenas vilas e cidades com no máximo 10.000 habitantes. Isso significa que havia, em média, 200 pessoas com idade próxima a sua, que você conhecia por nome e sobrenome. Nem todas eram simpáticas, brilhantes e alegres como você, mas, se quisesse ter amigos, você teria de aprender logo cedo a aceitar as diferenças de opinião.
Hoje, a situação é diametralmente oposta. A maioria da população brasileira vive em grandes cidades. Ainda não aprendemos a conviver com essa nova situação. Por exemplo, nem dá para pensar em conhecer as 1000 pessoas com idade parecida coma sua. Se seu vizinho, colega de trabalho, ou de escola é um chato ou tem opiniões contrárias, você simplesmente o ignora?Você é daqueles que: Gente chata nunca mais?Dessa forma vem o isolamento humano tão comum nos últimos tempos.E então.... Somente aumentaremos a intolerância, a falta de compreensão, compaixão e humildade local. Aumentaremos também a arrogância, com a auto-alimentação de grupos que terminarão se achando donos da verdade.
Não é a sugestão de uma volta ao passado, nem negar que é um prazer conhecer gente-como-a-gente.Pratique a tolerância e nos esforcemos para conhecer novamente nossos vizinhos, ou conviventes, apesar de chatos, apesar das opiniões diferentes, dos gostos musicais irritantes e assim por diante. Se você parar uma vez na vida e conversar com quem está ao lado, poderá descobrir que no fundo ele até que tem coisas interessantes e diferentes a dizer. Você poderá descobrir que existe uma virtude em ser tolerante, compreensível e aberto a novas idéias.
Se cada um se fincar no seu esconderijo pessoal, criando batalhões de amigos seletos que pensam igualzinho, iremos caminhar numa rota perigosa para o futuro, o isolamento e a falta de diversidade humana, o que nós e a humanidade só pune deixando de lado os questionamentos e evolução, pois só as diferenças e a tentativa de compreende-las é que nos move em construímos na possibilidade do novo, em agradar as mais diversas visões do mundo e das coisas que nos rodeiam.Aí fica a sugestão: Se você tem um vizinho, amigo de escola, do trabalho, “chato” no seu conceito, cumprimente-o de forma diferente da próxima vez que o encontrar. Dê um sorriso encantador.Vamos começar a aprender a conviver com gente-que-não-é-tão-parecida-com-a-gente. O mundo com certeza ficará bem melhor.

O texto acima foi elaborado por um novo colaborador do blog seu nome é: LANTERNA SEM PILHA

domingo, 5 de julho de 2009

Lembranças


Tem momentos que penso em você
E em tudo que vivemos anos atrás
Nossa paixão era bonita demais
Meu corpo se incendiava só de pensar em ti
Meu coração disparava quando estava junto de ti
Quanto tempo já se passou e hoje vejo
Que talvez não foi somente uma paixão
Tão forte e completamente alucinada
Sem que pudesse medir consequências
Nem pensar em quase nada
Foram inimagináveis as loucuras
Nunca me senti tão amada
Você era tudo que eu queria num homem
Mas a vida tem os nossos caminhos traçados
E nela você não fazia parte do meu futuro
Não por não nos amar-mos
Mas porque o destino não assim o quis
Hoje somente ficou as lembranças
Dos bons anos passados ao seu lado
Na época sofri demais esta separação
Mas mesmo com o coração na mão
Continuei meu caminho em busca da felicidade
E é assim que devemos fazer
Mesmo sem querer as vezes temos que nos submeter
As regras que a vida nos da
E as vezes não são aquelas que você gostaria
Mas com certeza no futuro podemos tirar alguma lição
Que para você ser feliz as vezes precisa partir
Deixar para trás aquilo que sempre almejou
Seguir em frente porque seu caminho é outro
Aquele que o cara lá em cima planejou
E hoje posso dizer que encontrei novamente a felicidade
E você ficou na saudade e nas lembranças dos amores que tive.

sábado, 4 de julho de 2009

ouvido.


para vc viver ? que bata o seu coração

mas a sua qualidade de vida não depende só dele não

quem garante o seu humor e até mesmo sua atenção

é o pobre do ouvido que não tem o poder de selecionar o que escuta

por ele entram em você muita merda e disparates

e ate´os venenos que os ímpios querem divulgar

começam como noticias das mais puras e ingênuas

ponderam como se fossem muito bem intencionados

acredito até que pensam que assim eles são

mas por trás desse mansidão ..querem envenenar o cidadão

por isso se policie cuide bem de seus ouvidos

não só com a higiene mas também peneire bem

o que por ele pode entrar e sua alma tocar!


sexta-feira, 3 de julho de 2009

Idade da razão


As vezes nem percebo,
Mas sou extremamente áspero
As vezes nem percebo
Mas tenho meus segundos de loucura
E nestes momentos tenho vontade de sumir
Cair no mundo, deixar tudo para trás
Não lembrar de nada, ser um novo rapaz
Talvez recomeçar de novo com menos futilidades
Ou mesmo deixar para trás uma vida de inutilidade
Me pergunto nestas horas o porque de tanta mediocridade
A gente o tempo todo tentado ser alguém na vida
Tendo que se esforçar para ter um lugar ao sol
Trabalhar, estudar, batalhar, ser extremamente social
Mas quando paramos para pensar, tenho minhas dúvidas
Vale a pena tanta loucura, tantos objetivos, tanto desassossego
Queria que as vezes minha vida tivesse sido diferente
Quem sabe ser uma pessoa mais inocente
Quem sabe ser uma pessoa menos consciente
Quem sabe ser uma pessoa menos coerente
E assim não ter uma visão tão clara do que fazemos as vezes
Para conquistar vários objetivos na nossa vida
As vezes se render ao inimigo, as vezes se vender
As vezes passar por cima de convicções
E desta forma sofrer ao se submeter
E ficar com a sensação de ser um canastrão
E passado alguns anos ,quando chega a idade da razão
Sentir que nada disto fez sentido
Que tudo foi um grande mal entendido
E que de nada valeu tanta humilhação.

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox