Nó Cego e Bengala de Cego

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CENAS DA VIDA



Vindo dos bastidores da inocência ao abrirem-se as cortinas,
Ela veio para o palco da malandragem
Sem imaginar que enfrentaria dias de ruínas
Os quais enfrentou com muita fé e coragem.
As emboscadas foram armadas para o plantio do mal,
E a surdez do caráter se propagou como chama.
Achavam que ela se queimaria como jornal,
Mas sobreviveu junto com quem a ama.
Agora com os sentidos em pleno alerta
E se apresentando no palco do caráter e da justiça,
Ela trilha seu caminho com brilho e festa,
Tapando àquela garrafa de lama fétida com a rolha da honrada cortiça.
Daquele palco agora transformado em um grande jardim,
Ela nasceu e despontou com sua beleza juvenil,
Exalando seu  perfume como o suave jasmim,
E sendo coberta por um lindo e colorido céu cor de anil.
Sua visão ficou cristalina.
Sua ternura  nunca a abandonou.
Agora, tá no alto de uma linda e rosada colina
Olhando com amor e carinho para àqueles que tanto a ajudou.

Acyr Gomes

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox