Nó Cego e Bengala de Cego

sábado, 31 de dezembro de 2011

2012 RENOVADOR



Um Ano Novo está surgindo
Trazendo em sua bagagem novas esperanças,
E nós aplaudindo dizemos, seja bem vindo
E que habite em nós novas temperanças.
Algumas vezes o pé não alcança o freio
Das vontades que existem dentro de nós,
E quando damos conta já fugiu o meio
Para evitar os quiproquós.
A sobriedade fica a ver navios,
O galardão do respeitável já não reluz,
Sendo necessário acender vários pavios
Para que o pensamento justo volte a ter àquela luz.
A falta do freio nos leva para curvas perigosas.
A nudez da acrasia se faz presente
Tornando a lama do sujo prazer ainda mais pegajosas
Fazendo com que a vida recata se torne ausente.
A incompeensão fica clara como a neve.
A razão foge como aquele que foge da cruz.
A pureza de espírito já não nos segue
E a face do mal aparece sem o capuz.
Mas com o nascer de um ANO NOVO
A escada que leva às virtudes aparece,
E do ano que passou, agora cortado, brota um renovo
Para que a fé permaneça e nunca cesse.

Acyr Gomes

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Jader Barbalho assumiu o cargo com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele teve votos suficientes para se eleger na eleição do ano passado, mas estava barrado pela Lei da Ficha Limpa e teve o registro da candidatura negado.


 SURPRESA fiquei eu ao ver a foto do filho Daniel, 9, filho de Jader Barbalho
numa total falta de respeito à um ato solene , demonstrando não ter postura ou educação,
o menino além de perturbar a ordem dos trabalhos ainda se manifestou fazendo caretas e
debochando da mídia e autoridades presentes.
O que me surpreendeu foi a motivação do menino. O que o levou a se portar assim?
Há várias hipóteses:
1-olha aqui seus bobões meu pai tripudia sobre a lei e o povo mas continua impune :
2- ele realmente acredita que o pai é um homem honesto e foi injustiçado
e agora se fez justiça com a posse
3-estou aprendendo a viver aos modos do meu pai e vocês que se danem porque
os  desonestos sempre vencem.....
4-......
 Ps: sei que vcs terão sugestões para esse ato que se fosse meu filho a fazer ,
me sentiria constrangida e até ignoraria a tal lei da palmada
sempre fica impune

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Adriano confirma sua versão e afirma: "Não é justo o que ela está fazendo comigo"






Desculpe a intromissão
Não sou repórter de plantão
Mas nesse assunto vou palpitar
Como existem periguetes espalhadas por ai
Elas sim estão de plantão
Esperando os manés darem chance e ocasião
Adriano , o imperador , não é santo mas é bobão
Está mais para  "bad-boy"que vive em confusão
Como dá chance pro azar .
Esses jogadores tido como fenomenais
Crescem a fama e enriquecem num piscar de olhos
Mas a tal maturidade não acompanha a fama
 E as tais celebridades sem preparo pra ocasião
Dito que não é critica masa pura constatação
Em um dia são uns duros andando de lotação
E num curto espaço de tempo já passam para um carrão
São os reis do pedaço e o colírio da mulherada
Que em busca de fama ou até mesmo de grana
Rodeiam logo os jovens "manés"
E de fato é impossível que as celebridades instantânea
Tenho tempo , ocasião e apoio para a nova situação
São vitimas do deslumbre e da soberba acentuada
Não há psicólogo ou terapia que trabalhe no ritmo da explosão.
E, dai os pobres coitados sem preparo e orientação
Saem pal vida " fazendo merdas " e se metendo em confusão
E as espertas de plantão agem como urubus
Rodeiam e circulam como em torno de corpo em decompsição
Só esperando o momento propício pra do morto ainda vivo
Tentar tirar o seu quinhão;

Ps: não sou dona da verdade , mas foi esse o meu pensamento ao ler a noticia acima.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

VITÓRIA E REVÉS



A glória humana é tão eventual
Como uma flor em época de esplendor.
A primeira, algumas vezes, chega de modo ocasional,
E a segunda segue a natureza criada pelo Senhor.
Para o humano é difícil desgrudar da fama.
Essa laçada que o destino nos abraça
Torna-se igual a um para-lama
Pois sofremos o impacto ante à desgraça.
É como uma vela acesa no escuro, dando claridade.
Seu lume resplande como o sol vesperal,
Mas, ao derreter-se vai perdendo identidade
E a luz se apaga de modo rápido e brutal.
Somos portadores do sucesso e da derrota,
Sendo que a do revés se prolonga eternamente.
Muitos poucos conseguem vê-la como lorota,
Mas, a maioria vive com aquela dor inclemente.
Do barulho da vitória
Ao silêncio do trágico.
O primeiro nos leva a tão sonhada glólria,
E o segundo não curtimos o momento mágico.
Uma vez li que precisamos cultivar amigos na subida
Porque a fama, em muitos casos, nos faz afastá-los,
Pois na hora da queda, e há quem duvida,
Restará sempre alguns para ampará-los.
Quando cair a máscara da vitória,
E a derrota se apresentar nua e crua,
Sentiremos como é efêmera a glória
E nos sentiremos sozinhos no meio da rua.

Acyr Gomes












sábado, 24 de dezembro de 2011

Amorosamente



Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO,
mesmo eu sabendo que as rosas não falam.
Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.
Que eu não perca a vontade de VIVER, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa...
Que eu não perca a vontade de ter grandes AMIGOS, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...
Que eu não perca a vontade de AJUDAR as pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda.
Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.
Que eu não perca a VONTADE de amar, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...
Que eu não perca a LUZ e o BRILHO no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo,
escurecerão meus olhos...
Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.
Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.
Que eu não perca o sentimento de JUSTIÇA, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.
Que eu não perca o meu forte ABRAÇO, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...
Que eu não perca a BELEZA e a ALEGRIA de ver, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...
Que eu não perca o AMOR por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços
incríveis para manter a sua harmonia.
Que eu não perca a vontade de doar este enorme AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.
Que eu não perca a vontade de ser GRANDE, mesmo sabendo que o mundo é pequeno... E acima de tudo...
Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois....
a vida é construída nos sonhos e concretizada no amor!
Francisco Cândido Xavier



FELIZ NATAL, MUITA SAÚDE E PAZ PARA TODOS

Para as ceguetas tão amadas‏

Queridas e queridos, especialmente o querido e especial divo lorde.

Diretoria Bengala, chefinha Nó e moiteiras ;)

Venho trazer meus votos de que cada uma e cada um tenham Natal deslumbrante junto de suas pessoas queridas, e meu desejo de que o Novo Ano lhes traga, muita paz, muita luz, saúde, harmonia e serenidade, fé e muita esperança de dias sempre melhores.

Que a chama do amor pela vida, que nos move e nos alimenta, transborde em seus corações na direção de seus semelhantes, pois jamais podemos dar mais do que temos, mas nada é mais abençoado do que dar.

Por que o mar é tão grandioso, profundo e imenso? Porque humilde aquietou-se, e ficou abaixo pra receber nele todos os rios do mundo.

Receba, ouça, acolha, abrigue, ajude, ampare, doe-se e se sentirá agigantado(a) diante de si mesmo.
Com meu amor, com meu carinho e minha ternura, ceguetas: Feliz Natal!

Jane Abel/RS, apaixonada pela vida!



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

MOMENTOS IDOS



No remanso de um rio moderado,
Vejo meus dias vividos desfilarem sob as águas.
Cenas de quando jovem e enamorado,
Do tempo que as meninas ainda usavam anáguas.
Mesmo sentindo as puxadas na linha
Dos peixinhos com fome, mas não com sede, pudera!!!,
Retorno aos dias idos no momento que me convinha
E que foi verdadeiro e não uma quimera.
Sou um sonhador inveterado,
E nessa fantasia me entrego totalmente,
Gostaria de ser um doutorado
Para clarear a minha fantasiosa mente.
Alguns psiquiatras dizem que sonhos são desejos ocultos,
Outros, uma ferramenta que busca o equilíbrio compensador.
Não estou aqui para duvidar dos cultos
E muitos menos daqueles que carregam este andor.
Sonhar é viver, dizia a tia Marocas,
Então sonho para continuar a viver
E navegando de docas em docas,
Me embalo nesse momento de prazer.
Nessa corrente de visões, que foram reais,
Acompanhado do silêncio da natureza, que é real,
Chega o lamento dos ais
Tão coloridos como a aurora boreal.

Acyr Gomes





segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Família






Família é prato difícil de preparar"

(do livro "O Arroz de Palma”, de Francisco Azevedo)

Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano Novo. Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir. Preferimos o desconforto do estômago vazio. Vêm a preguiça, a conhecida falta de imaginação sobre o que se vai comer e aquele fastio. Mas a vida, (azeitona verde no palito) sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite. O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares. Súbito, feito milagre, a família está servida. Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente.
E você? É, você mesmo, que me lê os pensamentos e veio aqui me fazer companhia. Como saiu no álbum de retratos? O mais prático e objetivo? A mais sentimental? A mais prestativa? O que nunca quis nada com o trabalho? Seja quem for, não fique aí reclamando do gênero e do grau comparativo. Reúna essas tantas afinidades e antipatias que fazem parte da sua vida. Não há pressa. Eu espero. Já estão aí? Todas? Ótimo. Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola. Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.
Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias, que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa.
Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto, é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido. Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte. Uma grande amiga minha desandou a receita de toda a família, só porque meteu a colher na hora errada.
O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão. Não existe Família à Oswaldo Aranha; Família à Rossini, Família à Belle Meuni; Família ao Molho Pardo, em que o sangue é fundamental para o preparo da iguaria. Família é afinidade, é "à Moda da Casa". E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.
Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada, seriam assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha. Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.
Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança. Principalmente na cabeça de um velho já meio caduco como eu. O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro. Aproveite ao máximo. Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete.
Enviado por e-mail: Jane

domingo, 18 de dezembro de 2011

DASABAFO



Com pouco mais de 12 anos de idade comecei a minha vida de conhecimentos fora do ninho familiar.
Esse início aconteceu numa fábrica de tecidos em Paracambi/RJ, chamada Fábrica Têxtil Brasil Industrial. Ali, para ingressar, tive a ajuda da minha cunhada, esposa do meu irmão já falecido, onde procurei não desonrá-la pelo favor que me prestou.
Depois fui morar em Barão de Juparanã/RJ e trabalhei num bar onde servia café entre outras coisas. Isto já com 14 anos de idade.
Aos 18 fui para o Exército Brasileiro cumprir meu dever militar.
Saindo do Exército, fui trabalhar na Organização Ruf, que vendia máquinas de calcuilar e que levava o nome de PRECISA. Esta emprêsa se estabelecia na Rua Debret, no Centro do Rio de Janeiro, mas fui designado a trabalhar na Rua Fco Bicalho, perto da Leopoldina, um pouco afastado do Centro da Cidade,
Anos mais tarde ingressei na Cia. Siderúrgica Nacional (CSN), onde trabalhei por 30 anos, vindo me aposentar com 36 anos e quatro meses de luta.
Durante esses anos constituí família de sete pessoas, me incluindo, procurando me educar e educar meus filhos juntamente com a minha escolhida.
Procurei em toda minha vida ser correto, ou seja, andando com a cabeça levantada, e à noite deitar sem me preocupar com alguma coisa que tivesse feito para prejudicar o próximo.
Hoje, já aposentado, procuro fazer, nesses últimos instantes de vida, alguma coisa para continuar a ser olhado com respeito pela minha familia e amigos.
Por que estou relatando isto? Porque um indivíduo veio ao Blog Nó e Bengala de Cego escrever asneiras a meu respeito. Pior é que esta pessoa veio defender uma outra que aos olhos de muita gente não tem nenhum caráter. Um ser desprezível, um verdadeiro marginal que só vive em dar golpes em várias mulheres. Um ser que dorme de conchinha e que vive de amassos com outro do mesmo sexo. Um ladrão de luz, um perfeito gato de telhado, que formou um grupo de pessoas igualmente sem caráter para segui-lo.
Como vc pode notar, Convidado, não sou o que vc diz. Sempre procurei ser íntegro e procurei respeitar a minha natureza de HOMEM.
Tô levando tempo para te perdoar, mas chego lá. Deus sempre me ajudou nessas coisas.
Como diz a Fran: CUIDA DA SUA VIDA, Convidado.

Acyr Gomes


sábado, 17 de dezembro de 2011

QUE VENHA O BBB12.



vamos rir e nos esbaldar
voltar a fazer piada e zoar
 não sei de quem ou do que
mas não atravesse o meu caminho
que na certa vou brincar
e olha que tem gente que merece
porque não sabe rir de si mesmo
que é a melhor arma de defesa
antes de você virar o mané
passe a rir dos mais sérios
quem sabe comecem a rir conosco
e se caso se ofenderem
diga um logo sinto muito
Vamos desorganizar o blog
tentar instalar um caos coletivos
 Porque ai vem o bbb12
e que fique muito claro
que optamos por zoar
nada de paixões  alimentadas
e de  se enamorar por casal
o passado nos informa
Iris e Alemão nos condenam
nada de torcer pelo amor
é para  torcer pelo  vencedor
aquele que mais quer o dinheirão
e que venha um novo pato
 com as contradições do bbb7
que me perdoem as Maxines
Max para pato - mor
faltam muitas  penas
e trapalhadas
deixou muito a desejar
mais pataquadas foram feitas
pela mamy com o biquinão
deslumbrada e fagueira
ostentando o barrigão.







terça-feira, 13 de dezembro de 2011

C O N D U T A


A nossa conduta está sempre nos colocando na mira,
Depende de cada um a habilidade na sua condução
Pois qualquer deslize nos tira
Do caminho que nos foi dado na primitiva orientação.
Nossa vida é um teatro, como novelas,
Com cenas tão repetitivas no dia a dia
Pintadas como em aquarelas,
Pois a quantidade de água não é como àquela usada na pia.
O pingar deve ser adequado
Ao espaço que deverá ser usado
Para que não se molhe em damasia
O que foi projetado para dar a necessária harmonia.
É como uma ópera encenada
Onde coreografia e cenografia
Irmãmente se juntam nessa empreitada
Oferecendo a beleza ímpar junto com a melodia.
O esforço do grupo é fazer tudo perfeito.
A comunhão tem que ser única
Para que tudo saia sem defeito,
E no final, vestir o sucesso como uma linda túnica.
É como, também, uma máquina em movimento
Onde todas as peças tem seu real valor
Pois todos se revestem dos mesmos sentimentos
Para que tudo saia com louvor.
Perseverança é a palavra chave
Para que a estrela luza em cada participante.
A perfeição não deverá ter entrave,
Pois agindo assim, a vitória chegará galopante.
Então o nosso caminho da vida será claro e límpido
E para que a luminária esteja sempre luzindo,
A honra, o caráter e a justiça tenham o necessário ímpeto,
Pois assim, o nosso objetivo de CONDUTA nunca será findo.

Acyr Gomes







sábado, 10 de dezembro de 2011

T O R M E N T A

A cada partida abrigasse em nós a dor.
Seu êxodo é a agressão que não queremos ter
Pois é de barro, puro barro, nosso andor
Cuja carga tão preciosa queremos sempre conter.
Nosso coração é um vulcão em erupção
Cuja lava viaja pelas veias do amor a arder,
E que está impérvio à razão
Pois cada partida seria bom não acontecer.
A escolha não pode ser ofertada,
E se fosse a insensatez seria a ganhadora
Pois a idéia da distância será questionada
Visto que a seoaração será sempre assustadora.
O alarme da insegurança soa,
Soa tão alto que faz tremer a base,
Não importando que o destino seja perto ou em POA,
O que não desejamos é passar por esta fase.
Sem pedir autorização o silêncio invade.
O estado febril da paixão só tende subir,
E nesta hora só resta a Santíssima Trindade
Para que a saudade não venha nos consumir.

Acyr Gomes









quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

RETRATO DE UMA ÉPOCA.



"Hoje constatei  o meu fracasso
e olha que isto não é fácil
você olhar para traz
e concluir que mais errou
e que pouquíssimas vezes acertou
não vou para desgosto de alguns psicólogos
jogar toda a culpa na minha mãe
porque ela só pode me dar o que recebeu
casei sem preparo para o casamento
como a maioria das mulheres
cuja preocupação da família
era torna-las um boa dona de casa
nem para "do lar" me preparei
fui preparada para ser independente
trabalhar e ganhar o meu sustento
com muita cultura mas sem preparo para a vida
para saber ou tentar construir uma relação
 de companheirismo , parceria e cumplicidade .....
Por isso  digo não soube e porque acredito que isto
depende dos dois pelo que entendo como união
E aquele rapaz moderno se revelou um machista
quando se tratava de partilhar tarefas domésticas,
ser  parceiro no cuidado e educação dos filhos
E eu não soube na época estabelecer esse trato
nem notar que isso seria o natural.
Embora os dois trabalhassem
ele sempre se mostrava mais cansado
como se o labor dele fosse mais pesado que o meu
resultado : um casamento desgastado
Fomos nos afastando e criamos dois mundos
Somos moradores no mesmo teto
não somos amigos  e nem solidários
apenas meeiro dos bens e patrimônio.
Como não considero o casamento
como objetivo de uma vida
isso até poderia ser descartado
e como um foda-se que não deu certo
e cada um seguir sua vida
"Tá bom"..que não deu
pois  tivemos filhos
Mas de doador de espermas não passou
sempre me coube decisões , ações
e orientação dos filhos
Dele sempre partia um " você quem sabe"
ou o "que vamos fazer"
nunca opinou sobre escola
participou de alguma atividade escolar
sempre alegando que não sabia
A competente era eu
e "claro e o esperto era ele"
E por isso me sinto totalmente responsável
pela educação e caminhos
que meus filhos trilharam
E claro que às suas frustrações
encaro  como responsabilidade ninha
não fui  feliz no encaminhamento
se posso ter a pretensão de dizer isso
e orientação dos caminhos profissionais dele
e hoje pesa sobre o meus ombros
toda a frustração  pelas quais ele passa.
exagero meu? sei não!"


Autor desconhecido
recebi por e-mail  de Ana Maria



domingo, 4 de dezembro de 2011

P O D E R




A ganância age dentro da nossa humana ignorância.
O desvario de ter tudo por qualquer preço é nocivo,
E se não for combatido desde a infância
Nos levará a ser desleais por qualquer motivo.
O superfaturamento é um dos principais impulsos.
O dinheiro é uma faca de dois gumes
Que muitas vezes chega para atrapalhar nossos percursos
Deixando sem brilho nossos lumes.
Outro tipo de ambição nos leva à provérbios:
"De longe te trouxe um figo, logo que te vi, comi-o". Que imoral!!!
Ou então este, onde bancamos desequilibrados ébrios:
"O escasso do real, faz ceitil, e o liberal, do ceitil faz real".
A falta do planejar nos faz entrar num temeroso ritmo
E com medo do futuro incerto nas contas
Faz nossa arrecadação subir que nem farol marítimo
Para se ter a garantia do poder financeiro lá nas pontas.
A ânsia de ganhar mais e mais dinheiro
Nos faz viver como num galinheiro,
Que do alto do poleiro vemos lá embaixo um rio de lama
Criado por correr atrás do vil metal e da fama.
A ganância nos faz também avarento,
É ter paixão desmedida de juntar dinheiro,
É se negar ajudar qualquer evento
E não ligar para a necessidade de um companheiro.
A intranquilidade com possíveis acidentes
Nos faz ansiosos e mal-humorados.
Tudo nos torna descontentes
Até com os seres amados.
Tudo isto é supérfluo em nossa vida terrena.
Tudo fica aí para o próximo usufruir,
Então temos que procurar ter uma passagem tranquila e serena
Porque da lei de DEUS não podemos jamais fugir.
Vamos sorver as delícias que ele nos dá.
Deitemos e nos levantemos com saúde e bem estar,
Procurando andar de cabeça erguida aqui e acolá
Vendo tudo belo e festivo em nosso aconchegante lar.

Acyr Gomes







sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

"SEJA UM IDIOTA




A idiotice é vital para a felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.
No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.
Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.

Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahahaha!...

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?
Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.
Dura, densa, e bem ruim.
Brincar é legal. Entendeu?
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.
Pule corda!
Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.
Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.
Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.
Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:
passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...
Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

Arnaldo Jabor"


Testo enviado por Carmem Melo


quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Não quero e não gosto....



De gente amarga .
sempre me policio
para evitar o amargor
até sigo um receita
divulgada em alguma página do "face"
que quando você se sente amarga
é porque o açúcar que existe em você
esta acumulado em alguma parte do corpo
 e basta dar uma boa rebolada
que ele se espalhará
e o amargor vai te deixar.
conviver com pessoa amarga
é pior que um chute nas "bolas "
e olhe que não as tenho
e se você assim se torna
não tem como se evitar
não dá pra você escolher
ficar longe de você
ou procurar desviar de você
então cuide do humor
procure rir dos seus tropeços
encare que a vida é um jogo
e que perdendo ou ganhando
você pra ele foi   escalado
não ficou no banquinho da reserva.

domingo, 27 de novembro de 2011

M A Q U I A V É L I C O S

Se a nossa testa fosse um aparelho de tv
Onde aparecesse até os pensamentos levianos
Muita coisa poderíamos perceber
E com isto evitar danos dos tiranos.
Muitos são devastadores
Que nos ferem com certeiras punhaladas,
São enormes predadores
A nos consumir em grandes bocadas.
Detentores incríveis da maldade
Não querem ficar sozinhos nesta estrada
Arranjam sempre uma sociedade
Para participar desta horrenda empreitada.
São ricos em maquinações do mal.
A moeda deles só tem cara.
Devastam tudo como um vendaval
Deixando a destruição com quem se depara.
A clemência não faz habitação.
A ternura passou tão rápida como o vento.
Ali, a injustiça fez sua mansão
Deixando muitos ao relento.
É constante sua revolta contra a sociedade.
O cumprimento da lei é sempre sabotado,
Não querem saber o que é bondade
Porque, para eles, o ser bom é bitolado.

Acyr Gomes









sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Para minha amiga Edna amigas para sempre........






A vida as vezes nos prega cada peça
Você leva um susto e se põe a pensar em tudo
Tudo que passou, e tudo que poderá  acontecer
Hoje tive uma notícia muito triste
Minha amiga de faculdade que eu adorava
Estava a sua procura já faz algum tempo
E estes dias estive com outros amigos queridos da faculdade
Nos reunimos no aniversário de minha amiga Gil
Éramos inseparáveis na época, inclusive fui madrinha de casamento da Gil
A Edna era uma mestiça de japonesa linda de morrer
Alegre, com muita vontade de viver e fazíamos um trio perfeito
Mas um dia ela chegou e nos contou que estava grávida 
Aguardamos o nascimento de seu filho era lindo , mas enfim ela deixou a faculdade
Mudou-se para outra cidade e a última notícia que tive era que estava morando em MS
Assim que encontrei com meus amigos de faculdade estes dias   
Marquei com a Gil de fazermos uma surpresa para nossa amiga Edna em MS
Só queríamos achar seu endereço e marcar o dia da visita tão esperada
Seria um encontro e tanto, tantas fofocas para colocarmos em dia
Sabe como é quando as amigas de muito tempo se encontram
Querem contar mil anos em dez segundos , todas querendo falar ao mesmo tempo
Encontrei o seu marido no Facebook toda feliz que havia achado por fim alguém para nos dar o endereço
E o que encontrei foi uma mensagem muito linda, mas muito triste

"Creusa, será um prazer recebe-la em Dourados. Me lembro de você. Creusa infelizmente a Edna não esta mais conosco. Ela faleceu em 30 de março de 2008, AVC. Mas ela deve estar feliz de saber que vc ainda a tem em seu coração. Ela nunca se esqueceu de você.Vc era a irmã do coração dela, Abraços e felicidades."

Mas hoje, fiquei triste, ela a Edna se foi.......e nem nos despedimos
Como disse bem o seu marido eramos irmãs de coração
E hoje me fez pensar que a vida não é nada 
Hoje estamos aqui, e amanhã não mais, e tudo que vivemos fica em nossa mente e em nossos corações
Adeus minha querida amiga Edna, só o que posso fazer agora é contar sobre nossa linda amizade
E pedir a Deus que a receba muito bem, pois vc sempre foi do bem.
E quem sabe um dia nos encontremos de novo e possamos nos abraçar novamente como antes.......


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

MINHA ETERNA PAIXÃO



Suas mãos eram pequenas que cabiam dentro das minhas.

Pequenas iguais a ela, mas de grande significado como amor e fé.

Amava demais àquelas mãozinhas

E a dona nem precisa falar, né?

Deus a colocou na minha direção

E às vezes me perguntei: Por que fui premiado

Para caminhar junto daquele ser de grande coração

Tornando-me por 30 anos seu aliado?

Amei àquele ser como ninguém amou.

Respeitei-a como manda a lei do Senhor,

Pois ela me conquistou e encantou

Com seu jeitinho simples, mas de enorme valor.

Quando ela vinha da missa no domingo já findo,

Toda de branquinho com sapatinhos pretos de verniz,

Olhava para mim e dava àquele sorriso lindo

E meu coração quase saía pela boca de tão feliz.

O fogo do amor que ardia no peito era dominante,

Meu olhar se perdia no horizonte com sonhos da paixão.

Se me chamassem estaria distante

Onde só me interessava ganhar seu coração.

Naquele periodo de puro fascínio

A ingenuidade nos dominava completamente,

Onde o nosso amor nunca conheceu o declínio,

Pois o elixir da paixão era permanente.

Crescemos juntos e o amor igualmente.

A necessidade de estarmos unidos era nosso pomar

E os frutos foram chegando naturalmente,

Frutos que ELE veio abençoar.

Mas a natureza, cruel natureza, cumpriu seu dever,

E ela foi embora para sempre, me deixando.

Foi para mim muito difícil, mas procurei compreender,

E até hoje mais e mais, a continuo amando.



Acyr Gomes






segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Marido e mulher não são parentes





Tenho lido no face com espanto
que muitas mulheres ignoram
que conjugês não são parentes
e até uma perguntou :
Então o que são?
Eu mesmo considerando
ser uma cegueta ignorante
Tenho algumas ideias
à palpitar sobre marido e mulher
e o que eles são
depende do tempo de casamento
e do tipo de relação.
Alguns são amigos , amantes
cúmplices e companheiros
Que é o casamento ideal!
Mas raro de encontrar.
Isto ocorre com alguns recem-casados
e é o que todos nós desejamos ao casar.
Mas em algumas relações
o marido e/ou mulher
não conseguem se relacionar nesse patamar
Dai surgem as mais variadas  formas de relações:
Alguns não passam de sócios,
embora se odeiem não querem dividir os bens
Em outras um deles é um hóspede
que sai de manhã e volta p/ pernoitar
Há tb os pensionistas ,além da pousada
fazem todas as suas refeições
Alguns agem como patrões
São os proprietários dos bens e das pessoas,
Dão ordens e cobram os resultados
Entram em casa para verificar resultados
tais como casa limpa e todos asseados.
Alguns são tesoureiros sua prioridade é economizar
Extremamente preocupados com os bens
zelam o uso da luz , do telefone ,
 o tempo de duração do banho ,
e claro as compras desnecessárias
Enfim policiam e cuidam do dinheiro do casal .
Há também os dependentes,que usam o conjugê
para ser sustentado e estão sempre com um plano
miraculoso, por fazer um ótimo negócio
que o tornará rico sem trabalhar.
Há também o famoso "migué"
que sempre evita pagar alguma coisa
e com desculpas empurra sempre pro parceiro.
Têm o tipo dono de chiqueiro ,
que se gaba que pra família não falta nada
comida , conforto e com isso justifica a suas galinhadas por fora.
Esse trata a família como porcos para os quais o mais importante é a alimentação.
Tem o doente , cacheiro ou drogado que impõe ao parceiro sofrimentos mil
e que vivem juntos sempre com a promessa de se recuperar.
Tem o malandro , preguiçoso que atribui a falta de sorte nunca consegui trabalhar.
Tem o conjugê  H2O   entra e sai sem nada falar ou notar
 É insípido , inodoro e incolor.
Enfim são tantos os tipos de relações
que aqui não vou conseguir explorar
Mas garanto que há exceções ,
conjugês que se dão bem
e vivem um casamento no sentido real.
Mas para cada um desses acredito
existir pelo menos uns dez FDP(s)
que se mantêm no casamento
por  medo de se separar ou porque convém ficar.
E, lembre-se que conjugês não são parentes
portanto não há laços sanguíneos que os prendam
e se a dita sociedade não está boa.
É  FÁCIL   DESCARTE-A....
e o mais rápido que puder
mande o FDP andar.


PARENTESCO E VÍNCULOS DE AFINIDADE NO NOVO CÓDIGO CIVIL
PROFS. SEGISMUNDO GONTIJO, JULIANA GONTIJO E FERNANDO GONTIJO
DAS RELAÇÕES DE PARENTESCO: OS GRAUS PARTINDO DO INDIVÍDUO

São parentes, em linha reta, as pessoas que estão umas para com as outras na relação de
ascendentes e descendentes (art. 1.591 CC).
São parentes, em linha colateral, ou transversal, até o quarto grau, as pessoas que provêm de
um só tronco, sem descenderem umas das outras (art. 1.592 CC).
Contam-se, na linha reta, os graus de parentesco pelo número de gerações, e, na linha
colateral, também pelo número delas, subindo, porém, de um dos parentes, até ao ascendente
comum, e descendo, depois, até encontrar o parente (art. 1.594).
Se não houver cônjuge sobrevivente não separado, serão chamados a suceder os colaterais
até o quarto grau (art. 1.839 do CC).
Podem depor como testemunhas todas as pessoas, exceto as incapazes, impedidas ou
suspeitas (art. 405, CPC).
Parágrafo 2º. São impedidos:
I - o cônjuge, bem como o ascendente e o descendente em qualquer grau, ou colateral
(apenas até o terceiro grau) de alguma das partes por consangüinidade ou afinidade, salvo se
o exigir o interesse público, ou, tratando-se de causa relativa ao estado da pessoa, não se
puder obter de outro modo a prova, que o juiz repute necessária ao julgamento do mérito.
Marido e mulher não são parentes e sim cônjuges.
São irmãos germanos os filhos dos mesmos pais.
São irmãos unilaterais os filhos de um só deles.
São irmãos uterinos os filhos da mesma mãe e pais diferentes.

domingo, 20 de novembro de 2011

NINGUEM CONHECE ALGUEM



há fatos e pessoas que não consigo entender
e vou ser mais radical ainda
acho que de verdade ninguém conhece alguém
o ser humano nunca se revela por inteiro
por mais que vc conviva e supõe que conheça alguém
ledo engano é pura ingenuidade sua
se dúvida ? aguarde o tempo passar
e um dia você vai de surpreender
não estou sendo amarga não
e nem descrente da humanidade
talvez decepcionada por conhecer um lado
de um compadre que ele sempre ocultou
todos nós temos um lado bom e um ruim
a nossa personalidade creio ser o produto
do equilíbrio e controle dessa ambiguidade
mas o nosso domínio é relativo e temporário
até chegar  a um ponto em que relaxo com a censura
abro guarda da vigilância e mostro um lado até então revelada
isso não rotula a pessoa como boa ou má
apenas revela uma faceta que durante muito tempo
ficou escondida , adormecida e escapou da observação
daqueles que nos rodeiam e até partilham a mesma cama
e que repentinamente aflora  sem nos surpreender
porque no subconscientes sempre soubemos quem éramos
apenas  surpreendemos as pessoas com os quais convivemos até intimamente


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

L E M B R A N Ç A S

Com os ombros arriados e o olhar preso ao chão
Tornamo-nos como sonâmbulos ao caminhar.
Embora sons venham da multidão,
Só ouvimos o pensamento que está a nos acompanhar.
A cautela que precisamos ter
Não nos torna tão vigilantes como deveríamos ser
Pois as lembranças nos absorve totalmente
Tomando o espaço total da nossa mente.
Indiferente nos esquivamos dos outros seres presentes
E ainda mais omissos continuamos a andar.
Se um amigo comum nos cumprimenta, por instantes,
Damos um pulo de susto por aquele despertar.
Naquele momento sentimos que fomos deselegantes
E até mesmo um pateta por não responder
Aos cumprimentos tão elegantes
Oferecidos por uma pessoa do nosso diário conviver.
O amigo deve ter resmungado:
"Quis vult decipi decipiatur", ou seja:
"Quem quer ser enganado, que o seja", ou então pensado:
"Olhe no espelho e se veja".
Levamos alguns instantes para nos ordenar,
E a violação dos bons costumes aparece para castigar.
A face arde como as cores do vermelho berrante,
E o constrangimento dá sua gargalhada bem abundante.
Isto tudo ocorre num pequeno espaço de tempo,
Mas, parece uma eternidade sem par.
Depois disto voltamos ao passo lento
Tentando, mais uma vez, nos localizar
Deixando tudo ser levado pelo vento
E voltando lentamente a caminhar.

Acyr Gomes

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Tempo passado




Quando menos esperamos, algumas lembranças assolam nossa mente
As vezes são lembranças boas e outras são ruins...
Outro dia estava fazendo nada da vida olhando para o vazio e ouvi uma música que me fez lembrar de alguns  momentos que passei com uma pessoa muito especial que tive em minha vida
Foram momentos bons, de certas loucuras, de desejos e muita cumplicidade, mas que um dia como tudo se acabou.
Penso que na vida da gente nada acontece por acaso, as pessoas entram e saem de nossa convivência para que tenhamos algum tipo de aprendizado....
E com esta pessoa não deixou de ser um aprendizado também
Aprendi a gostar mais de mim, aprendi que posso ser melhor que imaginava, aprendi que loucuras são boas, mas que tudo tem a sua consequência.
Talvez eu o tenha conhecido somente para me conhecer melhor, e saber até onde a realidade da vida é mais forte do que nossos sonhos.
Isto já faz muito tempo, e as coisas que aconteceram agora são apenas alguns relances de lembranças
Mas que nunca desapareceram totalmente da minha mente
Penso que não devo escrever sobre isto pois sei que muitos me conhecem, e vão fazer julgamentos que não precisam ser feitos.
Mas de qualquer forma sou uma pessoa que em primeiro lugar sou verdadeira e gosto de escrever, e isto é uma coisa que quero deixar escrita, para que um dia eu possa ler e relembrar.
Quando eu conheci esta pessoa estava só, e cheia de dúvidas na vida, achava que era a pior das piores, que não conseguiria vencer na vida profissional ou mesmo pessoal.
E esta pessoa me mostrou o quanto eu era inteligente, forte, que possuia uma força interior que nem mesmo eu conhecia, neste tempo mudei um monte de coisas na minha vida, resolvi morar sozinha, assumir minhas carências, e  viver a vida da melhor forma que poderia ser.
Sofri muito nesta época, pois vivia entre a realidade da minha vida e o sonho de um príncipe encantado....
Acho que meu signo, gêmeos é bem aquilo que escrevem por ai, totalmente cheia de dúvidas se vou ou se fico, ser feliz ou infeliz, realidade ou sonho........
É bom lembrar do que passou, pois passou senti muito quando tudo terminou, mas quem terminou fui eu com a maior consciência de que estava fazendo a coisa certa para mim e outras pessoas que me cercavam.
Até para você tomar uma atitude de coragem você sofre, pois sempre nestas atitudes não existe somente a realidade, existe o sentimento, e as vezes precisamos passar por cima de nossos sentimentos para seguirmos em frente.
Seguir em frente nos faz sofrer, pois muitas vezes deixamos pessoas que gostamos para trás, elas jamais serão esquecidas, pois fizeram parte em algum momento de nossas vidas,nos trouxeram coisas boas e coisas ruins, mas procuramos somente lembrar das coisas boas, as ruins tentamos colocar no fundo da gaveta pois sofremos duas vezes quando lembramos e quando aconteceu.
Isto talvez se chame amadurecer, tomar conta de sua vida, fazer o que é melhor para você.....
Mas a gente nunca esquece, as vezes quando estamos sozinhos e vem aqueles pensamentos do que passamos em nossa vida nos da uma saudade danada de pessoas que passaram por ela, talvez um dia a gente se encontre aqui ou em outro mundo e vamos lembrar com alegria tudo que aconteceu conosco, só quero dizer que hoje lembrei de você ao ouvir uma música cuja letra dizia assim :-







sábado, 12 de novembro de 2011

VÍCIOS E COSTUMES



Caminhando, como sempre faço
Vi bem distante uma mulher agachar-se para apanhar algo no chão.
Fiquei curioso com aquele gesto e ao me aproximar,
Reparei que ela apanhava guimbas de cigarros.
Fiquei a imaginar, com certa tristeza, do vício que aquele
Ser humano carregava.
No mesmo inatante lembrei-me de passagens da minha vida.
No meu tempo de garoto, os viciados em cigarros já faziam isto.
Naquela época os cigarros não tinham filtro, então as pessoas
Apanhavam aquele toco e fumava o restante até queimar os dedinhos,
Ou então recolhia uma quantidade bem grande
E faziam um novo cigarro com a união do fumo.
Naquele período usava-se muito o fumo de rolo que era cortado e
Esfarelado na pala da mão e daí era enrolado num papel de seda
Que era vendido nos armazéns de secos e molhados.
Diante da facilidade de comprar o papel, faziam o novo cigarro.
Após o enrolado era só colar com a saliva a borda do papel
E tava prontinho o novo Continental para curtir o vício (e que vício)
Outra coisa me fez lembrar naquele gesto da mulher
Ao abaixar-se, era que com 8 a 10 anos de idade,
Ia para o colégio com dois amiguinhos (Dilmo e Shirley).
O Shirley tinha o costume de parar instantâneamente
Abaixar-se e apanhar algo imaginário no chão.
Até hoje não consigo imaginar o que era.
Ele se abaixava, colocava a pasta de couro do lado da perna
E fazia àquela cena,
Quero também dizer que nós (estudantes) usávamos
Pasta de couro, diferentemente de hoje que é mochila.
Acho engraçado como certas coisas volta e meia
Me faz lembrar os tempos idos.
Apenas para encher linguiça, o pai dos dois irmãos
Tinha uma pequena fábrica no fundo do quintal
De fazer tamancos.
O pai dos amiguinhos, cortava a madeira no formato
Da sola do pé e nos vários tamanhos e depois
Pregava uma tira de couro. Esta tira era presa com taxas
Nos lados do tamanco e passava por cima dos dedinhos.
Eu, Dilmo e Shirley, ajudávamos a estocar e embalar,
Para um futuro envio aos clientes.
Foi ali, naquela época, que aprendi a fazer fogão de serragem,
Que passo a explicar...
Pega-se uma lata de 20 litros de qualquer coisa e vazia.
Tira-se uma das tampas e abre-se uma portinha na parte de baixo
com aproximadamente 8cms de altura por 5 de largura.
Enfia-se uma madeira da mesma largura da portinha
Até o meio da lata.
Após isto enfia-se uma madeira roliça, na vertical, indo se encontrar
Com a ponta da outra que entrou pela portinha, na horizontal.
Notarão que foi formado um "L".
Após feito, enche-se de serragem toda a lata e aperta-se bem para não cair a serragem.
Agora é só acender o fogo que arderá por muito tempo.
Outrora este processo era muito usado para se esquentar
Água para o banho (não havia chuveiro elétrico)
E para conzinhar roupa (naquela época certas roupas iam p/ o fogo)

Acyr Gomes




quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Pitakos

Ja a algum tempo afastada da net...e sem dar pitakos...não por falta de motivos ou assuntos....mas aqui vão alguns:
1- Moradores elegem prefeito que morreu uma semana antes da eleição ...
Pensei logo no nosso pais....não se trata de preconceito mas sim de constatação....aqui ocorrem, na pólitica ,fatos de arrepiar o gato pelado

Eu diria que depois de morto, fica difícil para um político assumir o poder. Mas, vai tentar explicar isso para os moradores da pequena Montague, no interior de Michigan (EUA).
2-
Zapeaado pela net ...dou de cara com a tela da Tv com um programa chamado "Malicia"...em que duas ex-bbbs aparecem....por ve-las ..deixei no canal e assiti um pouco...porque logo perdi o interesse...não sei o por quê do programa e aonde pretende chegar...não se intitula pornografia ...mas não é tb pornochanchada....é triste de se ver....mulheres de insinuando ..se expondo...não sei à qual segmento agrada?

3- Briga de cachorros bravos...grandes não sei se são.

Joana Machado vai processar Frota por crime contra a honra


A informação foi confirmada por Alis Vasconcelos, advogado da vencedora do programa “A Fazenda 4”.Alis disse desconhecer a informação de que os advogados de Frota já entraram na Justiça pedindo o bloqueio dos bens de Joana sob a alegação de que a moça tem um contrato com ele. “Soube que ele alegou que entrou com a ação, mas nós não tomamos conhecimento.
De acordo com a "Zapping", do jornal "Agora", uma audiência preliminar, buscando a reconciliação dos dois, estaria marcada para o dia 7 de dezembro.
http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2011/11/10/joana-machado-vai-processar-frota-por-crime-contra-a-honra.jhtm
Dado se tornou um procriador. Só espro que não trate os filhos como trata as que pariram seus filhos
"Ela é igualzinha ao Dado quando nasceu", diz Pepita Rodrigues sobre netahttp://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2011/11/11/ela-e-igualzinha-ao-dado-quando-nasceu-diz-pepita-rodrigues-sobre-neta.jhtm

COMO É TRISTE A VULGARIDADE QUE ROMÁRIO USA PARA TRATAR AS MULHERES.....
Romário para Neymar: "Ela é gostosa, você deveria ter ficado"
Durante evento em São Paulo, jogadores falaram sobre o suposto affair



http://gente.ig.com.br/romario-para-neymar-ela-e-gostosa-voce-deveria-ter-ficado/n1597364844965.html



Vitoriosa


Ando meio desligada da vida social
Estou trabalhando muito, não porque quero
Mas porque as coisas vão acontecendo na minha vida
Sem mesmo eu pedir ou ir atrás
Para muitas pessoas isto seria o máximo
Pois para arrumarem trabalho é muito difícil
Disto eu nunca vou poder me queixar na vida
Trabalho desde os meus 12 anos de idade
Quando ainda era possível ser registrada aos 14 anos
E fiquei por um tempo sem registro trabalhando
Tive muita sorte na vida, pois comecei como vendedora
Passei por várias profissões na vida, fui almoxarife
Telefonista, arquivista,auxiliar de escritório, compradora, etc.....
Foram diversas as áreas que passei e com isto acumulei conhecimentos
Fiz minha faculdade a noite e trabalhava durante o dia
O sacrifício foi bastante, pois morava em uma Vila muito distante do trabalho
E de minha faculdade, o trabalho ficava na zona Sul, minha faculdade no centro
E eu morava na zona leste.....
Morria de medo a noite quando chegava da faculdade pois chegava depois da meia noite
Levantava as 5:00 da madrugada para chegar no trabalho a tempo de pegar dois ônibus
Tudo isto foi sacrificante, mas compensador....hoje em dia vejo isto e agradeço a Deus
Por ter me dado vontade e saúde para conseguir fazer tudo que era necessário para crescer
Vejo hoje muitos jovens se queixarem da vida dura que tem de estudos.....
E também vejo a falta de profissionais sérios e competentes nas empresas
Acho que o mundo realmente mudou muito, ou os valores mudaram, não sei dizer ao certo o que esta acontecendo com nossos jovens que serão os profissionais do futuro.
As vezes penso que já fiz minha parte na vida profissional, mas eu não aguento um desafio de arregaçar as mangas e colocar todo meu conhecimento a disposição de um trabalho que pego para fazer, isto me da prazer, me faz me sentir útil e viva, faz bem ao meu ego, e penso:
- Afinal o que é uma vida sem trabalho, sem sonhos, sem realizações, deve ser um tédio.
Saber que vc conseguiu tudo na sua vida com o esforço de seu trabalho, é muito gratificante
Te faz sentir como qualquer pessoa, da mais humilde a mais poderosa, não existe barreiras ou diferenças sociais ou qualquer outra que te impeça de falar no mesmo nível e se sentir como uma vitoriosa.







segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Os impetos de uma "senilescente".


Sou por natureza impetuosa
E muitas vezes sou mal compreendida
Até mesmo rechaçada nas minhas ideias
Outras vezes elas tomam um rumo não pretendido
E, isso já ocorreu por duas vezes no facebook
Tendo até me levada a questionar
Se lá é o meu campo ou espaço
Para expor minhas ideias.
Como sei a achar que ali se agregam muitos chatos
Ou então a chata sou eu e não tenho consciência
Na primeira oportunidade revoltada com o poder da bandidagem
Que se arvorou de acusador , julgador e sentenciador.
Elaborando e divulgando no seu meio o nome de juízes,
promotores e demais autoridades marcados para morrer.
Num rompante me declarei " estou a favor da pena de morte"
Numa simples interpretação de textos estar não é ser.
Ser eu não sou.
Sou contra o direito de qlq pessoa dispor da vida do outro.
Porém naquele dia , momento ou hora me senti estar a favor.
Contra a minha opinião se manifestaram diversas pessoas
Citando exemplos das injustiças que tal medida acarretaria.
Me senti politicamente incorreta e andando na contra-mão.
Me recolhi à minha estatura....e pensei não passe das "chinelas"
E na segunda vez que me senti incompreendida
Foi qdo expressei a minha, apoiei aos que sugeriam que o presidente
fizesse seu tratamento pelo SUS
Só não xingaram minha mãe...tá exagerei ..não foi bem assim
Mas me senti classificada de desalmada , vingativa , hipócrita e oportunista.
Quando na realidade a coisa é muito simples
A partir do momento que as autoridades e os homens importantes da nação
Começarem a usar os orgãos de saúde pública , todos nós ganharemos.
Porque correndo , digo mais correndinho , os dela encarregados
irão dar a atenção necessária e tratá-la com o cuidado necessário.
o engraçado é que quem leu e se doeu , interpretou como ironia , como se fosse uma maldição desejada para o ex- presidente.
As palavras escritas são frias e cada um dá a emoção que lhe quer atribuir no momento
Em nenhum momento entendi como uma maldição jogada sobre o Lula mas sim uma constatação,um alerta , que se os homens públicos usassem os meios de saúde que nós ( brasileiros ) oferecemos à população...os encarregados de gerencia-los iriam se coçar....e muita coisa melhoraria.

domingo, 6 de novembro de 2011

Discussão


eu preciso , eu posso e eu quero
escrever , escrever, escrever...
parece mantra ou frase
de livro de auto ajuda....
mas na verdade é como me sinto
o quanto escrever me faz bem
se à uma única pessoa ler
não faz mal , mas valeu
não ligo pra quantidade
ops.....não é bem assim
gosto muito que muitos leiam
mas me contento com um único
e como estamos na entre safra
esperando Bial e o BBB12
as vezes sofro de carência
carência de inspiração
de assunto pra falar
e que como estou pouco no pc
nem sofro provocações
que me motivam a responder
quem pergunta quer resposta
quem critica quer atenção
quem xinga ,não xinga à toa
quer que a parte injuriada
se manifeste também
e fica esperando a réplica
que provoca a treplica
e vamos lá minha gente
temos mesmo que admitir
como é boa uma discussão
desde que se mantenha o nível
permanecendo no campo das ideias
e não se leve pro pessoal.



.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

A VILMA E O GULA




Até quando o gula vai querer saborear?
Até quando a Vilma vai deixar?
Parece até que fez a protegida casar
Para no seu lar a colher enfiar.
O desejo incontrolável de mandar só atrapalha.
Estão criando uma bolha de insensatez
Que ao estourar será uma mortalha
Em cuja vestidura só filiados terão vez.
Que governo desgovernado!!!
Que governo mais desesperado!!!
Desta vez o eleitor cometeu pecado
Pois permitiu que tudo tenha chegado neste estado.
O cocô do gato fede muito menos,
O gambá está chateado porque já não fede tanto.
São frutos deste governo que colhemos
Pela idiotice de votar em QI.
Santo de casa não faz milagre, oremos
Para que ELE evite nosso arakiri.
Governar muitos desejam, e como desejam.
Saber governar é que é o "X" do problema
E com isto os aproveitadores sobejam
E o povo é que sofre, eis o dilema.
Estão querendo criar um Brasil novo
Cujo modelo é banguela
Que irá nos fazer de bobo
E que choraremos à luz da vela.
Acyr Gomes

terça-feira, 1 de novembro de 2011

VELHO? ....NÃO, CRAQUELADO!

há horas que me considero fútil
fujo de noticias tragédias
procuro não ler sobre politicas
procuro me ligar as coisas amenas
mas entre uma fuga e outra
não escapo de ouvir
algo triste ou tragico ou desonesto
claro que sei como todos
que temos um lado bom e um ruim
e nosso carater resulta
de como equilibramos esses dois
não há quem não tenha uma tentação
seja a de roubar em uma loja que dá moleza
um tipo de molecada
mas a razão nos segura e vence a tentação
de fazer justiça com as próprias mãos
pagar com a moeda que recebemos
ser mesquinha com o mesquinho
ser ferina com o ferino
fazer alguém sentir na alma
a dor que nos causou
ou à alguém que queremos bem
então se for por um filho
realmente agimos como leões
e por que não o fazemos ?
nos cerceiam os valores
adquiridos na vida
através do convívio
e só um pouquinho de nada pela educação
outro dia me indignei , ainda conservo essa qualidade
ao ouvir sobre os juízes marcados para morrer
a justiça paralela que condena e mata sem julgar
e num ímpeto de revolta me declarei "a favor da pena de morte"
confesso que esse assunto me balança
e os descalabro e impunidade me revoltam
e sinto que se tivesse o poder
gostaria de fazer a justiça de Talião
me perdoem os moderados
ou será equilibrados
mas hoje é assim que me sinto
se não fossem os osso velhos
ops ..ou melhor os craquelados
nem que fosse no imaginário
empunharia uma espada
e convida todos vocês
pra entrarmos em ação
quem sabe se asustariamos
os poderosos da corrupção
que estão por traz da raia miúda
que usa a mão do mais fraco
pra executar por eles
o trabalho sujo....



segunda-feira, 31 de outubro de 2011

INSPIRAÇÃO




Inspiração, ato ou efeito de inspirar,
Ou ser inspirado por alguma coisa sentida.
É uma sugestão, insinuação que sai do seu interior pulsar
Podendo ser de origem transcendente ou psíquica requerida,
Ou ainda de qualquer desejo de virtude genética
Sobre o ser humano para excitar a produção
E lhe orientar como uma força magnética,
É a marca do talento em sua real demonstração.
Sendo o estro da força inspiradora
Que vem de dentro se transferindo
Para o papel, tela ou outra forma reveladora
O que carrega dentro do seu EU verdadeiramente lindo.
Uma simples paisagem avistada é o despertador
De um pensamento momentâneamente adormecido.
É o desejo de demonstrá-la no real é avassalador
Mantendo o ideal lindamente aquecido.
Quase sempre o desejo inspirador é ela,
A Eva maravilhosa que ELE modelou
Para deixar o Adão acender na vela
A chama do amor que aquele ser despertou.
A inspiração nos leva a agir
Para agradar ao ser amado
Trilhando uma estrada para um porvir
Sabendo que seu objetivo final, não será ofuscado.

Acyr Gomes

sábado, 29 de outubro de 2011

As diversas formas de expressar "Eu te amo".




Se vc pensou em outras línguas
ou através de mímicas ou desenhos
Errou completamente.
Elas existem e durante muito tempo
predominaram e ainda continuam a existir.
Só depende de vc saber lê-las.
Não descendo de famílias quatrocentonas
Para situar as minhas raízes brasileiras
o máximo que posso usar é um centão
Sou neta de emigrantes que aqui aportaram
no começo do século passado.
Fugindo sei lá do quê e trazendo de riqueza
só a maldita esperança , que Nietsch sempre condenou.
E, no bolso a famosa Carta de Chamada
que era para os europeus seu passaporte para enriquecer
Era a única forma de entrar no Brasil
E, aqui enfrentavam qualquer tipo de serviço
Eram pobres mas aqui não passavam fome e nem o frio da terra natal
As mulheres era praticamente meninas, casadas assim que menstruavam
Algumas com 15 anos já com dois ou mais filhos
e, para elas era mais fácil encontrar trabalho
Não estou falando de emprego
Iam ser domésticas em casas abastadas ou de lavadeiras
Já os homens iam fazer bicos no cais ou em caminhões
Isto fez das mulheres arrimos de família
e fez crescer o regime matriarcal.
Poucas eram alfabetizadas mas sofridas e batalhadoras.
E, lavando roupa foram amealhando um dinheirinho e compravam terras
As terras eram mais próximas das praias ,lugar considerado mangue
E, de pouco valor comercial e sem vizinhos
Transformaram Santos num terrenos baldios em que se destacavam varais
E, neles tremulavam , como se fossem bandeiras, as roupas das mais diversas cores e principalmente as brancas alvejadas pelas mãos calejadas
e clareadas pelos raios do Sol.
Dessa forma essas mulheres criaram seus filhos , mandando para a escola . arrumando emprego mas pouco tempo tinham para dar atenção e, carinho e amor.
Eram mulheres incapazes de dar um abraço, não sabiam mostrar seus sentimentos mas eram mães amorosas sim.
E, assim foi minha avó , e depois a minha mãe e eu aprendi como os meus filhos a dizer que os amava , que os achava bonitos e elogiar os seus feitos.
Mas nem por isso fui melhor que a minha mãe ou minha avó que demonstravam que amavam como podiam.
Ir ver a minha avó era na certeza ser recebida com um guaraná , escondido em baixo da pia , para adoçar a boca de seus netos.As vezes ficava lá tanto tempo .pela quantidade que comprava que qdo tomávamos já estava sem gás e meio choca.Se avisasse-mos que íamos , éramos recebidos com nosso prato preferido , uma mesa farta , era a  forma de mostrarem o que nos amava.E, não voltavamos sem um trocadinho no bolso do short , passado sorrateiramente sem que nossos pais percebessem.Era uma cumplicidade .todos os netos entendiam a senha.Em casa contávamos pra os nossos pais que nada tinham contra e não se opunham.Mas a cada domingo ocorrria e encenação.E, desta forma foi criada a minha mãe. Que conseguia abraçar , beijar, elogiar e se emocionar com os netos mas não conseguia ser do mesmo jeito com os filhos. E da mesma forma agia, conseguia dar dinheiro para as crianças sem que nós os pais víssemos e que eles de uma geração mais ousada e esperta apelidavam de "escorregueixo ".Um olhava para a cara do outro e de um em um ela lhes passava o dinheiro ,sem que nós sequer fingissemos  ver.Nós não víamos quando ocorria .Ao sair da casa da vó e entrar no carro tanto os meus filhos como os meus sobrinhos tiravam do bolso uma nota as vezes tinindo de nova , e gritavam hoje teve "escorregueixo".
Ps: em tempo nem o meu pai avô das crianças , ali ao lado dela percebia.


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Parabéns para Nós aqui ninguém nos cala.....




Hoje ou ontem foi nosso aniversário de 5 anos de blog
Foram muitas as emoções que passamos aqui neste cantinho
Um dia sorriamos no outro chorávamos
Ficamos indignados, enamorados, apaixonados.......
Muitos sentimentos contidos neste pequeno lugar
Onde cada um sentiu algo, mesmo que num certo momento
Tenha sido raiva, ou indignação.
O importante é que ele trouxe para cada um sentimentos
Dos mais nobres aos mais feios
Mas somos humanos e não somos perfeitos
Algumas vezes quis parar com tudo
Noutras quis mudar como agora a cara do blog
Mas nunca quis mudar a identidade dele
Pois é assim que sempre imaginei ter um blog
Onde todos falassem de tudo, e pudessem ser liberais
Liberdade de expressão, não libertinagem
E acho que conseguimos fazer deste lugar 
Mais um cantinho de nossa vida
Onde sempre dedicamos um carinho
Um tempinho, um olá aos amigos, uma palavra de consolo 
Uma comemoração por algo de bom na vida dos participantes do blog
Ou mesmo uma comoção por algo triste que tenha acontecido do alguém 
Foram tantas as emoções, que eu vivi  que valeram e valem a pena
Todo tempo que passo aqui com todos vocês.
Obrigado por tudo e pelo carinho
E vamos lutando e seguindo por quanto tempo Deus quiser.
Parabéns a todos vocês que fazem este blog viver e acontecer.



terça-feira, 25 de outubro de 2011

JOVENS DESEJOS


Quando jovem o desejo faz parte da conquista.
Desejo por querer alcançar o inalcançável
E nisto o objetivo se perde de vista
Chegando às raias do imensurável.
Nessa idade não nos importamos com a crítica,
Abominamos qualquer coisa contrária à nossa vontade.
Nosso desejo é como uma peça acrílica
Pois é dura, mas oferece um visual de pura sensualidade.
Somos indiferentes ao perigo iminente.
O importante para essa idade
É viver perigosamente o presente
Aproveitando a todo vapor a mocidade.
Empurramos e trombamos sem medir os atos.
Encaramos os embeiçados com tranquilidade
Pois sabemos existir grandes hiatos
Entre os idosos e os impulsos da tenra idade.
No jovem arde, como chama, o desejo irrefreável
Querendo estar em todo lugar para festejar
A felicidade grandiosa e memorável
Fazendo tudo com volúpia e sem pestanejar.
Não somos pessoas comedidas.
Tudo vale por conta dos atos inesperados,
Tanto faz viver no claro ou às encondidas
E de preferência não nos chamem de quadrados.
A preocupação com o amanhã nunca aparecerá.
Devoramos com prazer o presente,
Não nos preocupamos com o: Que será? Que será?
Pois o pensamento no futuro estará ausente.
Para nós jovens é aqui e agora,
Ou então é, bola ou búrica.
Nosso falar é somente bora, bora!!!
E se possível sem cobranças a nos cobrir como túnica.

Acyr Gomes

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SUGERIR NÃO PAGA IMPOSTOS E NEM FERE O CÓDIGO PENAL.








Pessoal . tenho inúmeros de defeitos . sou aérea , esquecida , mas algumas coisas que leio calam na minha alma e não consigo esquecer. Para me livrar dela preciso escrever.Só assim a ideia me abandona.Vi este banner no faceboock, o compartilhei ,mas mais do que isso  não consigo sobre ele parar de  pensar.E foram  vários e os  mais estarparfúdios  pensamentos ,que  tais como mlho de pipocavam , saltitavam na minha mente prontos para estourar.E , entre , eles um que sempre observo , tenho uma facilidade para analisar comportamentos ., mesmo sem ter cursado Filosofia do Comportamento. Vcs já repararam como aqueles que tem dinheiro. Dinheiro  que cobre as suas necessidades ,  o supefluo e ainda sobra tem dificuldade e noção para entender como o outro . Aquele que não ganha muito mais que os salário mínimo precisa recorrer a empréstimo. Como ele ,amparado pelo seu confortoe fartura , não entende e recrimina o descontrole de quem ganha pouco . E ainda  se espanta como o outro  não sabe administrar e viver dentro do seu orçamento , muitas vezes miseráveis.Pensando nisso , veio uma ideia . que deveria ser realizada pela Globo , um reality show que se bem bolado poderia ser patenteado e quem sabe vendido até para a Endemol. e que será um programa extremamente educativo para a maioria da população.Confinarimos em uma casa ou apto popular , desses construído e financiado pela Cohab ou órgão similar, os políticos de de maior  tempo na vida publica , e que ainda por uma questão de sorte e capacidade amealharam os maiores patrimónios por esses "brasis",Claro que  com suas famílias ( nada de genro ou nora , sogras ou netos) só a constituída pelo casal e os filhos dessa união.E durante 6 meses , assistiriamos e eles nos ensinariam a viver dignamente  com o atual salário minino previsto na Carta Magna ,isto é , na constituição Federal que nesse mesmo artigo ainda esclarece os itens e termos que orientam os valores à serem considerados na hora de fixa-lo.
 Ps; Que tal / Gostou da idéia ? Quem sabe tal sugestão chegue aos ouvidos do BO- BI ou às autoridades governamentais..

Mãe faz cada coisa...


"Mãe é aquele ser estranho, louco, capaz de heroísmos, dramas e breguices com a mesma fúria; paga mico, escreve carta para Papai Noel, se faz passar por fadinha do dente, coelho da páscoa, cuca, pede autógrafo para artistas deploráveis assiste a programas, peças, shows horríveis, revê milhares de vezes os mesmos desenhos animados, conta as mesmas histórias centenas de vezes, vai pra Disney e ADORA!
Mãe faz escândalo, tira satisfação com professor, berra em público, dá vexame, deixa a gente sem graça, compra briga; é espaçosa, barulhenta, tendenciosa, leoa, tiete, dona da gente. Mãe desperta extremos,ganas, irrita, enlouquece, mas... É mãe.
Mãe faz promessa, prestação, hora extra, pra que a gente tenha o que é preciso e o que sonha.
Mãe surta, passa dos limites, às vezes até bate, diz coisas duras; mãe pede desculpas, mortificada...
Mãe é um bicho doido, louco pela cria. Mãe é Visceral!
Mãe chora em apresentação de balé, em competição de natação, quando a filha menstrua pela primeira vez, quando dá o primeiro beijo, quando vê a filha apaixonada no casamento, no parto... Xinga todo e cada desgraçado que faz a filha sofrer, enlouquece esperando ela chegar da balada, arranca os cabelos diante da morte...
Mãe é uma espécie esquisita que se alterna entre fada e bruxa com um naturalidade espantosa. É competente no item culpa e insuperável no item ternura, mas pode ser virulenta, tem um lado B às vezes C, D, E...
Mãe é melosa, excessiva, obsessiva, repulsiva, comovente, histérica, mas não se é feliz sem uma.
Mãe é contrato: irrevogável, vitalício intransferível!
Mãe lê pensamento, tem premonição, sonhos estranhos. Conhece cara de choro, de gripe, de medo; entra sem bater, liga de madrugada, pede favor chato, palpita e implica com amigos, namorados, escolhas.
Mãe dá a roupa do corpo, tempo, dinheiro, conselho, cuidado, proteção. Mãe dá um jeito, dá nó,dá bronca, dá força.
Mãe cura cólica, porre, tristeza, pânico noturno, medos. Espanta monstros, pesadelos, bactérias mosquitos, perigos. Mãe tem intuição e é messiânica: Mãe salva. Mãe guarda tesouros, conta histórias e tece lembranças. Mãe é arquivo!
Mãe exagera, exaure, extrapola. Mãe transborda, inunda, transcende. Ama, desmama desarma, denota, manda, desmanda, desanda, demanda. Rumina o passado, remói dores, dá o troco, adora uma cobrança e um perdão lacrimoso.
Mãe abriga, afaga, alisa, lambe, conhece as batidas do nosso coração, o toque dos nossos dedos, as cores do nosso olhar e ouve música quando a gente ri. Mãe tem coração de mãe!
Mãe é pedra no caminho, é rumo; é pedra no sapato, é rocha; é drama mexicano, tragédia grega e comédia italiana; é o maior dos clássicos;é colo, cadeira de balanço e divã de terapeuta...
Mãe é madona-mia! É deus-me-acuda; é graças-a-deus; é mãezinha-do-céu, é mãe é minha-e-eu-mato-quando-quiser; é a que padece no paraíso enquanto nos inferniza...
Mãe é absurda e inexoravelmente para sempre e é uma só: não há Mistério maior! Só cabe uma mãe na vida de um filho (a)... e olhe lá! Às vezes, nem cabe inteira. Mãe é imensurável!
Mãe é saudade instalada desde o instante em que descobrimos a morte.
Mãe é eterna, não morre jamais. Bicho estranho, entranha, milagre, façanha, matriz, alma, carne viva, laço de sangue, flor da pele. Mãe é mãe, e faz cada coisa..."
(Texto de Hilda Lucas)

e-mail recebido de Jane

PERDOAR



Sempre invejei no bom sentido
Os que conseguem perdoar
Porque perdoar não é um ato
Que depende da vontade do querer
E não é fruto da razão
Racionalmente entendo que perdoar
Liberta o magoado ou ofendido
Faz mais bem a quem perdoa
Do que a quem quer ser perdoado
Mas infelizmente não depende da vontade
È todo um processo emocional.
E a maioria das vezes quem não perdoa
Não é porque não quer
Mas sim porque não consegue
Enfim , só perdoamos quando
A magoa sofrida cumpriu
seu périplo e se extingue.
Perdoar não implica em esquecer.
Feliz de quem já conseguiu perdoar.

 ps: texto inspirado em "AO PERDOARMOS"  de Luiz Alca de SantÁnna.

domingo, 23 de outubro de 2011

G I N A S T A S



Com graça, beleza e queixo empinado,
Elas pisam com a ponta de seus pequenos pés
O solo para mostrar seu reinado,
Sendo vigiadas pelas rivais, de viés.
Com desenvoltura e muita graciosidade
Fazem seus movimentos de pura magia,
Com alguns lentos e outros com velocidade
Deixando alguns, mais chegados, com taquicardia.
Com roupagens de rara beleza
E com seus cabelos em coques enfeitados,
Desfilam com movimentos de muita sutileza
Ante olhares pasmos e estatelados.
A bola parece estar colada na palma da mão,
Deixando todos os presentes sem fôlego.
Rolam, rodopiam e pulam parecendo um pião
Onde não há vez para o trôpego.
O sorriso franco e aberto não falta.
Os movimentos dos braços e mãos são constantes,
É como se estivéssemos sob a luz da ribalta,
Vendo verdadeiras ninfas tão deslumbrantes.
Somos despertados desse sonho belo e espetacular
Quando tudo pára ao terminar os movimentos.
Pudéssemos ficar olhando sem cessar
Curtindo as belas naqueles incríveis momentos.
Saindo orgulhosamente de cena,
Caminham levemente
Sobrando para nós, que pena,
As imagens que ficarão eternamente.

Acyr Gomes

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox