Nó Cego e Bengala de Cego

domingo, 3 de maio de 2009

Ausência na Presença




Ausência na Presença
Quem um dia sentiu esta sensação
Você ter uma pessoa ao seu lado
E sentir-se na mais completa solidão
Talvez muitos já tenham passado por real situação
Quando alguém que você ama e respeita
Talvez nem perceba que você existe
Ou então você se tornou um fardo
Tão pesado de se carregar que ninguém quer nem olhar
Mas você sempre insiste, quer mostrar que você existe
Quer dizer sim que amar você vale a pena
E os anos vão se passando e a situação só piorando
Você nunca de verdade vai saber
Se existiu o desamor ou se tem alguma outra explicação
Para a falta de amor de um pai para com seu filho
Talvez seja sua criação que o fez ficar assim
Talvez ele foi um fraco e não aguentou, sucumbiu a pressão
Talvez realmente ele nunca te amou
E você terá que aceitar isto mesmo que seja com indignação
Porque cada pessoa tem o seu ritmo e seu destino
E se foi este o caminho que ele escolheu
Que no futuro colha os seus frutos
Mesmo eu sabendo que isto fere e judia
Mas na vida a gente escolhe nosso destino
E nem sempre este é o caminho que idealizamos
Toda pessoa quer ser amada e aceita
Realmente temos que rever nossos conceitos
Do que é o amor e a aceitação, e do que é um fardo e a resignação

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox