Nó Cego e Bengala de Cego

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Cobrão no popozão

A danada da cobra
Sem mesuras ou frescuras
Foi direto pro popozão
Querendo achar um lugarzinho
Quentinho pra ali se colocar
Vai saber se é cobra macho
Mas por esta foto já se revela
Um belo de um espécime
A procura de se aninhar
No lugar onde se aquece
Nada e nenhum tipo de pegação
Porque a cobra não gosta não
Ela quer é se entocar na floresta
Ali sim é o seu lugar
E o cheiro da mata a atrai
E as presas que ali existem
Se, se enroscou foi por engano
Pois dessa fruta não gosta
Mas este povo não entende
E se na cobra se embola
È por falta de opção
Engana -se ou supõe
Que seja fruto da tentação
E se a mocinha disto gosta
É meu o espanto e do Nó
Que de cobra queremos distancia
Mas convenhamos que é preciso
Na certa de muita coragem
Da cobra em se envolver com o bundão
E da jovem em se envolver com o cobrão.

Por: Nó & Bengala

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox