Nó Cego e Bengala de Cego

domingo, 29 de abril de 2012

GOSTO PRÁ TUDO


Penso que neste mundo há preferência para tudo.
Falando do homem com suas características, temos:
Banguela, o desdentado, que para algumas mulheres é um lindo veludo.
O barbudo, com a barba saliente que é encontrado até na rua Lemos.
Temos o beiçudo, de beiço grossos que é a alegria de certas.
Temos o belfo, com beiços inferiores pendentes,
Ou mais grossos que o outro, deixando elas bem alertas.
Tem o capribarbudo, parecendo bode, que é adorado por adolescentes.
Temos o espaadaúdo, cujas espáduas medem mais que metro,
Que a maioria olha e tem aquele desejo secreto.
Temos também os pernegudos
Que deixa muitas iguais as torcidas dos Menudos.
Tem o pencudo, de nariz anormal
Que para beijar foge completamente do normal.
Algumas gostam é do melanope
Aqueles de olhos tão negros que elas perseguem à galope.
Tem o pernilongo, com pernas tão longas
Que muitas desejam ser sugadas sem mais delongas.
Tem o ramalhudo, de grandes pestanas,
O preferido das balzaquianas.
Tem o sexdigital ou sexdigitário
Que com seis dedos faz a loucura até naquele do armário. kkkkkkkk
Este, muitas não gostam, é o manicurto
Que de mãos  tão pequenas elas logo dizem: este não curto.
Tem o mamudo, é sim, o mamudo!!!
Com peitos tão grandes que fazem deles um canudo.
Até para o pernitorto tem fãs,
Pois suas pernas tortas são vistas como maçãs.
Tem o verrucífero, que de tanta verruga
Leva horas para fazer a barba e nem resmunga.
Tem o vesgo, ou zarolho
Que algumas amam tanto que traz sob ferrolho.
Deixei por último o olhizarco, ou zarco
Com os olhos azuis
Que nos áureos tempos caminhando ou até num barco
Ouvia delas...Ai Gzuis!!!
Acyr Gomes

sexta-feira, 27 de abril de 2012

V E R D A D E S




É fácil a pessoa falar de si,
Difícil é aceitar críticas que escuta por aí.
Seu império pessoal cresce com seu vangloriar,
E sofre uma implosão quando ouve gente à malhar.
Em muitos casos desconhece a vergonha
E o cupido da mentira atinge sua entranha.
Suas vestes ricas e brilhantes, quando no auge da fama,
Viram tiras na derrota e tudo se torna uma fétida lama.
Agora, sua insensatez atinge os céus
E tenta cobrir a falta de vergonha com levíssimos véus.
A chuva da verdade nua e crua, vem fazer a limpeza
Tentando voltar tudo à nobreza.
Tenta secar com serragem a água que corre escura,
Pois o escoamento do líquido grosso entupiu o ralo.
Agora, acabou a enorme frescura
Restando frear seu imundo embalo.
Caíu do seu pedestal num verdeiro arrastão.
Do líquido da glória, só resta a difamação.
A esteira está estendida para recebe-lo
Podendo deitar para que se faça seu cabelo.

Acyr Gomes


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO



terça-feira, 24 de abril de 2012

Piedade Filial




por ALLAN KARDEC – tradução de José Herculano Pires

Feeds:PostsComentários


Piedade Filial

1 – Sabes os mandamentos: não cometas adultérios; não mates; não furtes; não digas falso testemunho; não cometais fraudes; honra a teu pai e a tua mãe (Marcos, X: 19; Lucas, XVIII: 20; Mateus, XIX: 19).
...
2 – Honra a teu pai e a tua mãe, para teres uma dilatada vida sobre a Terra que o Senhor teu Deus te há de dar. (Decálogo, Êxodo, XX: 12)


PIEDADE FILIAL

3 – O mandamento: “Honra a teu pai e a tua mãe”, é uma conseqüência da lei geral da caridade e do amor ao próximo, porque não se pode amar ao próximo sem amar aos pais; mas o imperativo honra implica um dever a mais para com eles: o da piedade filial. Deus quis demonstrar, assim, que o amor é necessário juntar o respeito, a estima, a obediência e a condescendência, o que implica a obrigação de cumprir para com eles, de maneira mais rigorosa, tudo o que a caridade determina em relação ao próximo. Esse dever se estende naturalmente às pessoas que se encontram no lugar dos pais, e cujo mérito é tanto maior, quanto o devotamento é para elas menos obrigatório. Deus pune sempre de maneira rigorosa toda violação desse mandamento.

Honrar ao pai e à mãe não é somente respeitá-los, mas também assisti-los nas suas necessidades; proporcionando-lhes o repouso na velhice; cercá-los de solicitude, como eles fizeram por nós na infância.

É sobretudo para com os pais sem recursos que se demonstra a verdadeira piedade filial. Satisfariam a esse mandamento os que julgam fazer muito, aos lhes darem o estritamente necessário para que não morram de fome, enquanto eles mesmos de nada se privam? Relegando-os aos piores cômodos da casa, apenas para não deixá-los na rua, e reservando para si mesmos os melhores aposentos, os mais confortáveis? E ainda bem quando tudo isso não é feito de má vontade, sendo os pais obrigados a pagar o que lhes resta da vida com a carga dos serviços domésticos! É então justo que pais velhos e fracos tenham de servir a filhos jovens e fortes? A mãe lhe teria cobrado o leite, quando ainda estavam no berço? Teria, por acaso, contado as suas noites de vigília, quando eles ficavam doentes, os seus passos para proporcionar-lhes o cuidado necessário? Não, não é só o estritamente necessário que os filhos devem aos pais pobres, mas também, tanto quanto puderem, as pequenas alegrias do supérfluo, as amabilidades, os cuidados carinhosos, que são apenas os juros do que receberam, o pagamento de uma dívida sagrada. Essa, somente, é a piedade filial aceita por Deus.

Infeliz, portanto, aquele que se esquece da sua dívida para os que o sustentaram na infância, os que, com a vida material, lhe deram também a vida moral, que freqüentemente se impuseram duras privações para lhe assegurar o bem-estar! Ai do ingrato, porque ele será punido pela ingratidão e o abandono; será ferido nas suas mais caras afeições, às vezes desde a vida presente, mas de maneira certa noutra existência, em que terás de sofrer o que fez os outros sofrerem!

Certos pais, é verdade, descuidam dos seus deveres, e não são para os filhos o que deviam ser. Mas é a Deus que compete puni-los, e não aos filhos. Não cabe a estes censurá-los, pois que talvez eles mesmos fizeram por merecê-los assim. Se a caridade estabelece como lei que devemos pagar o mal com o bem, ser indulgentes para as imperfeições alheias, não maldizer do próximo, esquecer e perdoar as ofensas, e amar até mesmo os inimigos, quanto essa obrigação se faz ainda maior em relação aos pais! Os filhos, devem, por isso mesmo, tomar como regra de conduta para com os pais todos os preceitos de Jesus referentes ao próximo, e lembrar que todo procedimento condenável em relação aos estranhos, mais condenável se torna para com os pais. Devem lembrar que aquilo que no primeiro caso seria apenas uma falta, pode tornar-se um crime no segundo, porque, neste, à falta de caridade se junta à ingratidão.

4 – Deus disse: “Honrarás a teu pai e a tua mãe, para teres uma dilatada vida sobre a Terra que o Senhor teu Deus te há de dar”. Mas por que promete como recompensa a vida terrena e não a celeste? A explicação se encontra nestas palavras: “Que Deus vos dará”, suprimidas na forma moderna do decálogo, o que lhe desfigura o sentido. Para compreendermos essas palavras, temos de nos reportar à situação e às idéias dos hebreus, na época em que elas foram pronunciadas. Eles ainda não compreendiam a vida futura. Sua visão não se estendia além dos limites da vida física. Por isso, deviam ser mais fortemente tocados pelas coisas que viam, do que pelas invisíveis. Eis o motivo porque Deus lhes fala numa linguagem ao seu alcance, e, como as crianças, lhes apresentam como perspectiva aquilo que poderia satisfazê-los. Eles estavam então no deserto. A Terra que Deus lhes dará é a Terra da Promissão, alvo de suas aspirações. Nada mais desejavam e Deus lhes diz que viverão nela por longo tempo, o que significa que a possuirão por longo tempo, se observarem os seus mandamentos.

Mas, ao advento de Jesus, suas idéias estavam mais desenvolvidas. Tendo chegado o momento de lhes ser dado um alimento menos grosseiro, Jesus os inicia na vida espiritual, ao dizer: “Meu Reino não é deste mundo; é nele, e não sobre a Terra, que recebereis a recompensa das vossas boas obras”. Com estas palavras, a Terra da Promissão material se transforma numa pátria celeste. Da mesma maneira, quando lhes recorda a necessidade de observação do mandamento: “Honra a teu pai e a tua mãe”, já não é mais a Terra que lhes promete, mas o céu. (Caps. II e III).

e-mail recebido de Regina Célia (FALASERIO)

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

domingo, 22 de abril de 2012

FRAN E JACK




Para todo angu tem carne,
Não precisa vestir sunga ou fraque
Pois cada ser tem sua Fran com seu charme
Ou o seu Jack de araque.
A alma gêmea sempre se apresentará
Ela chegará quando menos se espera
E por certo sua presença trará
Tanta satisfação que tudo rolará como esfera.
Amor, ciúmes, azedume e prazer,
São alguns dos engredientes dessa união.
As labaredas do desejo terão sempre poder
E tudo vingará com a força do tesão.
O radiador terá sua colmeia atuante
A caloria do amor caminhará com suas pernas.
A água da felicidade correrá borbulhante
E ELE os abençoará com vidas eternas.
A tarrafa jogada dessa rica união trará lindos peixinhos,
Os quais serão criados com diários selinhos.
O significativo amor sempre brotará
E a paz jamais faltará.
As pétalas desse ninho não irão murchar.
Seu perfume será sempre embriagador
E pela estrada da felicidade irão caminhar
Sempre abençoados pelo SENHOR.

Acyr Gomes

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

sexta-feira, 20 de abril de 2012

R O T I N A





A rotina nos acompanha desde o berço.
É rotina para dar, vender e ainda jogar fora.
Só não uso dela quando esqueço
Ou então escrevendo, como agora.
A hora do sono também é uma rotina (que o diga a Carmen)
Só os sentidos dos sonhos é que não são.
No dia a dia, no sobe e desce a colina,
Faz com que cheguemos ao fim de semana à exaustão.
O hábito faz o monge,
O que devemos evitar é fazer em Roma como os romanos,
Mas não precisamos ir tão longe,
Basta modificar um pouco o que somos.
Um dia usar o transporte particular,
No outro, o cansativo coletivo.
Se possível procurar andar
Para se manter sempre alerta e se sentir vivo.
A multiciplicidade (ufa!!!) de afazeres, trás incentivo.
A variedade nos estimula,
Podemos e devemos, quando em vez, ser criatvo,
Mas não ao ponto de ser castigado como uma mula.
O padrão de vida é de nossa escolha.
O comodismo nos é prejudicial,
Devemos alçar voo que nem uma colorida bolha,
Mas estourá-la quando se tornar normal

Acyr Gomes

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Dia do Índio – 19 de Abril


No dia 19 de Abril é comemorado o dia do Índio no Brasil. A data foi criada pelo presidente Getúlio Vargas em 1943.

Origem do Dia do Índio

O dia 19 de abril é lembrado como dia do Índio, devido a um acontecimento ocorrido em 1949 no México, no qual diversas lideranças indígenas resolveram participar do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano.
Preocupados que suas reivindicações não fossem ouvidas pelos “homens brancos” no congressos os indígenas não compareceram nos primeiros dias do evento. Durante o evento  foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, que tem como objetivo principal cuidar dos direitos dos indígenas na América. O Brasil não aderiu imediatamente ao instituto, mas após a intervenção do Marechal Rondon apresentou sua adesão e instituiu o Dia do Índio no dia 19 de abril.

Comemoração dia do Índio

No dia 19 de abril ocorrem em vários locais diversas atividades relacionadas a cultura indígena. Normalmente as escolas instruem os alunos a fazerem pesquisas ou recreações sobre o povo indígena.
Em 1.500 época em que os portugueses chegaram ao Brasil estimava-se que existiam cerca de 6 milhões de índios. De lá pra cá, com a matança, escravismo e catequização forçada, tivemos uma diminuição absurda da população indígena no Brasil.

Reportagem copiada do link abaixo
http://www.mundodastribos.com/dia-do-indio-19-de-abril.html





http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

quarta-feira, 18 de abril de 2012

A REJEIÇÃO




A rejeição nunca é bem aceita
Mesmo porque fomos criados para agradar
e corresponder com nossas atitudes aos valores
compactuados pelo grupo em que estamos inseridos
E essa aprovação social nos é mostrada desde os primeiros feitos.
Isso ocorre ainda no nosso primeiro ano de vida
A aprovação por aplausos ou aplausos para o nosso primeiro sorriso,
primeira careta , bater palmas , soltar beijos e assim vamos sendo estimulados
À agradar, isto é um comportamento aprovado pelo meio e é estimulado
O primeiro xixi no peniquinho , o largar das fraldas e chupetas.
E dessa forma vamos sendo educados ou adquirindo o comportamento social
E  ao crescer ou o crescer representa não mais ter nossos atos recompensados pelo elogio ou aplausos
Isto é difícil ....como é difícil lidar coma rejeição
Há os quem amadurecem e conseguem racionalizar a rejeição ou reprovação
Mas há que  tem uma constante dificuldade em lidar com ela
Esse pensamento sempre me ocorre durante e após o BBB
Quando pessoas egocêntricas e algumas narcisistas se deparam com a rejeição
 E por mais racional que seja creio deixa sequelas....
Como alguém como a Fabiana, que gosta de brilhar , está lidando com 8% de aprovação
Quando seu adversário recebeu 92% de aprovação
Negando a  rejeição emitida através do voto...?
Ou como a Kelly negando a  opinião da maioria
Afirmando que não foi uma samambaia no jogo
Que nega a mesmice e a  omissão e garante que se sentiu atuante
Ou como o Rafa que se contentou com a pequena porcentagem de aprovação
 E a  destacou como a mais importante no resultado
Sei-lá ....só garanto que agradar e ser aceito é fácil
Nem é preciso digerir ..é um sentimento bom
Mas engolir uma reprovação ou rejeição è engolir sapo
que deve ficar entalado na garganta por muito tempo..
Haja tempo para a digestão!

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO


terça-feira, 17 de abril de 2012

Acyr Feliz Aniversário






Meu Divo, meu Lorde, meu amigo Acyr,
São tantos anos juntos na nossa casinha
Que nem sei te dizer como, ou quando começamos nossa amizade.
Parece para mim que fazem muitos e muitos anos
Não sei quando chegastes exatamente, mas sei que fizestes à diferença.
Sim você faz a diferença para todos do blog
Com seus posts maravilhosos que sempre são tão elogiados por todos
Suas músicas e notícias postadas no echo
Vejo sua força de vontade de viver da melhor forma possível
Fazendo seus quadros maravilhosos......
Sempre com uma palavra amiga para todos no blog
Adorei te conhecer pessoalmente quando tive oportunidade no encontro da Fran
Uma pena que foi meio corrido e tivemos pouco tempo para papear
Mas tenho certeza que ainda iremos nos encontrar novamente o mais breve possível
E poderemos trocar muitas ideias juntos
Quero neste dia te Parabenizar pelo seu aniversário
Dizer que te desejamos muita saúde, paz, e que vc viva por muitos e muitos anos;
Que es uma pessoa muito querida e amada por todos nós do blog
E espero que estejamos te dando o tanto de carinho que recebemos de você



http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

segunda-feira, 16 de abril de 2012

DIA DA JUSTIÇA



Num dia em que se premiará a vitória de um ser lindo,

Cuja caminhada está sendo vencida com galhardia,

Vemos, por outro lado, um pato caindo

Pelas idiotices e falcatruas que fez dia após dia.

DEUS é único e grandioso na sua justiça.

Numa data em que uma batalhadora atinge o ápice da glória

Vemos o possuidor incontestável da preguiça

Mergulhar de cabeça na lama da escória.

De um lado empenho e sacrifício fez morada,

Pois cada um sabe a linha que se deve coser.

Do outro, traição, patifaria e farra de uma vida desregrada

Tá fazendo, agora, prestar contas do seu imundo prazer.

Ela com determinação e coragem

Reteve nas mãos o leme do sucesso,

Desviando-se sempre do caminho da malandragem,

E com isto aumentando sempre seu progresso.

Com solidez desbravou obstáculos de frente.

Sem medir sacrifícios e sem pestanejar,

Trabalhou arduamente, e, não de repente,

Alcançou o pódio mais alto, que agora pode festejar.

De cerviz empinada e viseira erguida

Foi levando de roldão os que não creram,

Mostrando a todos uma mulher decidida

Que está deixando para trás os que arrefeceram.

Insaciável, indestrutívrl e inabalável,

Ela prossegue em sua estrada iluminada

Ultrapassando de forma notável

As tramas urgidas contra sua vitoriosa jornada.

Melhores dias estão surgindo paulatinamente.

A ferrugem do mal não afetará este ser de ferro,

A corrosão não subsistirá, nem levemente,

Pois DEUS fará surdos seus inimigos, com seu berro.



Acyr Gomes


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

domingo, 15 de abril de 2012

Parabéns Bengala de Cego




Querida amiga Bengala,


Hoje vou escrever uma carta para ti, como fazíamos antigamente, só que minha carta é mais moderna, você nem precisa recebê-la pelo correio basta abrir o seu blog e ler.
Antes de tudo quero te desejar toda felicidade do mundo, é um clichê, mas é a pura verdade, você que é uma pessoa tão batalhadora, guerreira, sempre a frente de sua geração que não tenho outras palavras para te desejar um feliz aniversário, com muita saúde, paciência, abnegação, força, e tudo mais que você precisa para viver uma vida feliz.
Estou sentindo muito a sua falta, você sabia disto? Pois é amiga, vc que separava um bocado do seu tempo para ficar ouvindo minhas peripécias e me dando conselhos sempre muito bem vindos, me deixa sozinha por este tempo todo, me deixou viciada e agora como faço, te ligo para encher o seu saco.
Sei amiga que anda muito ocupada com problemas em sua casa e com sua saúde, e não posso ficar te pedindo nada, ainda mais que faça este esforço de ficar no MSN respondendo meus questionamentos sobre a vida, mas é tão bom falar contigo, eu adoro, somos irmãs siamesas que alguém lá em cima um dia resolveu que viríamos ao mundo em anos diferentes e em lugares diferentes.
Nunca tive uma amiga assim que soubesse tanto como eu sou e como eu penso, fico triste em não poder te dar a atenção que você merece neste momento, fico até sem jeito em pensar em visita-la penso que vou te atrapalhar, e isto eu não quero , quero que você tenha muita paz para passar seus momentos bem tranquilos.
Hoje, quero te fazer uma surpresa, espero que goste, quando vc acordar e abrir o blog e ler esta cartinha quero estar bem pertinho de ti, ou bem próxima, não sei a hora que vou chegar por ai, sei também que é niver do filhão então espero não perder a viagem e poder comemorar contigo e com o Ric esta data tão iluminada.
Amiga, veja de não me barrar na entrada, porque eu sou barraqueira e vou fazer o maior fuzuê na entrada do prédio..... brincadeirinha só vai ficar gritando até vc me atender.
Não precisa fazer o bolo, te levo um de presente um bem gostoso que eu adoro e sei que vc vai gostar também, vamos tirar muitas fotos e postar para nossos amigos do blog, todos mandam beijos a você e querem te ver feliz na foto, então acho bom você se arrumar bem bonitinha, temos que sair bem nas fotos, não tenho programa de fotoshop por isto, vamos ter que pelo menos colocar um colorido no rosto para esconder as imperfeições do tempo....hauhuahauhauaha
Um grande beijo de sua amiga que muito a ama.


Nó Cego


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

sábado, 14 de abril de 2012

PRIMEIRA E ÚNICA

Um, dezoito ou setenta e quatro,
Para nós ela será sempre a primeira
Pois na sua vida particular ou no teatro
Estará sempre na dianteira.
Com carisma, luz e simpatia, demonstra seu poder.
Ela não pode ser igualada a outras tantas
Pois vem do interior desse lindo ser
Todo seu encanto natural que se perde as contas.
Mais cedo ou mais tarde enfiarão a viola no saco.
Não poderão mais negar seu talento
E se sentirão como um trapo
Onde só encontrarão para saciar a fome, pão bolorento.
A verdade está chegando
E ela mostrando a todos o seu grande valor,
Valor que chega sem contrabando
Pois é autenticamente pura e de grande teor.
Não haverá chance de desempate
Porque ela é a primeira e única.
A negação contra ela não encontrará engate
Pois é uma pessoa altamente púdica.
Os estúpidos jogarão a toalha.
Os néscios não verão o sol raiar.
Ela está vencendo toda essa gentalha
Que viverão por muito tempo para vê-la brilhar.

Acyr Gomes
http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

quarta-feira, 11 de abril de 2012

O URUBU E O PAVÃO...conto japonês




 O Urubu e o Pavão
 Tem um conto japonês milenar que é mais ou menos assim:

 Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão.

 Certo dia, o Pavão refletiu:
 - Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e
 exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza.
 Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.

 O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:
 - Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda
 tenho que voar e ser visto por todos, quem me dera ser belo e vistoso
 tal qual aquele Pavão.

 Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia em comum e se
 juntaram para discorrer sobre ela: um cruzamento entre eles seria ótimo
 para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a
 graciosidade de um Pavão.

 Então cruzaram... e daí nasceu o Peru:
 QUE É FEIO PRA CACETE E NÃO VOA!
 Moral da história:

 Se a coisa tá ruim, não inventa!!!


 Gambiarra só dá merda!!!

e-mail recebido de Julio


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

como era bom acreditar



Sempre  pensei e até pregava isso em sala da aula
Que todo mundo merecia ser acreditado
assim como  a tal presumida inocência.
E, você só deixaria de crer em alguém
após ela ter perdido por atos essa credibilidade.
 E no fundo sou assim, sou uma crédula por natureza
Sempre dou as pessoas um voto de confiança
Digo mais não me passa pela cabeça desconfiar
Está bom ,que não é com a mesma ingenuidade da criança
E nem com a intenção que tinha como educadora.
No início de cada ano letivo e com cada turma nova que recebia
Eu , procurava fazer um pacto : acreditaria em todos por principio
Que as minhas perguntas sobre os seus deveres seriam respondidas
Sempre com a maior sinceridade , que não havia razão para mentir
sobre trabalho escolar , lição de casa e condutas.
Que não esperassem de uma professora  a habilidade de um investigador
E, que cabia a cada um cuidar da própria credibilidade
Porque uma vez perdida , dificilmente seria estabelecida.
Se na minha  função de ensinar álgebra , geometria , trigonometria
e até a que para muitos a  simples aritmética consegui que aprendessem
as operações básicas .,  o bom senso na analise de uma resposta
em pelo menos um aluno , fico frustrada , mas saio da vida
ciente que deixei para alguém um valor.

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

domingo, 8 de abril de 2012

Verdade da Vida



Nos anos que se seguem
Vamos mudando com o tempo
Às vezes alimentando esperanças
De que um dia tudo sossegue
A rivalidade entre familiares
As rusgas entre amigos
Que os desafetos nos esqueçam
E que nossa vida seja mais suave
Na verdade é quase um desejo
Que tudo isto se acabe
Pois vamos ficando mais velhos
E mudamos completamente nossas prioridades
Queremos o bem de todos
Para que possam viver de verdade
Sem que haja disputas ou invejas
E saibam que só conseguimos as coisas
Com muito trabalho, estudo e simplicidade;
Os anos nos trazem sabedoria
E nos mostram que muita coisa é bobagem
Coisas que antes dávamos grande valor
Hoje em dia não passam de futilidades
A grande fortuna na vida
E ter nossos familiares e amigos
Nos momentos bons e ruins
E saber que o amor que eles tem por nós
Não é nenhuma falsidade.


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

sábado, 7 de abril de 2012

ANTES E DEPOIS

Cada um tenta fazer a sua cama.
Cada um articula à sua maneira.
Alguns tentam vencer causando drama.
Outros de maneira calma e faceira.
No começo as aliança são feitas com certos cuidados
E a costura começa a se fazer.
Solidariedade verdadeira só com os dias contados
Procurando cada um, às vezes, seguir o caminho do bel-prazer.
Nesse acoplamento vale até copular.
No começo tudo é diáfano e transparente,
Até que o desejo venha se manifestar,
E daí prá diante tudo vai ficando diferente.
Traições e emoções começam a se vivenciar
Ficando difícil ser totalmente coerente.
O aperitivo da discórdia é dado.
O guarda-chuva da proteção tende a perder o pano,
E a sombra da mentira monta no cavalo alado,
Aparecendo o sol da verdade mostrando o tirano.
Com o tempo percorrido acaba-se o que foi entabulado.
O conselheiro, o médico, o pisiquiatra é ele mesmo,
Ficando um contra todos naquele pequeno tablado,
E no final todos, menos um, vira torresmo.
No começo tudo era esperançoso,
No começo era maravilhoso,
Mas no final só um levará a cobiçada fortuna
E todos os restantes irão para a selva com o Juruna.

Acyr Gomes
 http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

sexta-feira, 6 de abril de 2012

IMPÉRIO DO MAL




O império do bandido continua crescendo
A rédea está nas mãos de pessoas que só fazem mau
O ser pacífico continua cedendo
E com isto cresce o poder dessa nau.
As autoridades vão perdendo o duelo
O jogo da munheca pende pro lado obscuro
Não demorará muito comeremos só farelo
E viveremos como num gueto, atrás do muro.
O pão de cada dia será bolorento.
Manteiga? Nem pensar,
E a cada dia será mais violento
Cuja vontade será só desonrar.
Culpado são os mandatários,
Os campeões do mal juizo
Que se dizem representantes desses berçários
E que agora usufruem sem prejuizo.
Possuidos pelo desejo de enriquecer a qualquer custo,
Participam dessa onda de gangues
Colocando em praça o busto
E subindo até em palanques.
Breve estaremos igual a um país vizinho
Cujas leis do mal são aprovadas com carinho
Favorecendo só a eles com seus pudores,
E nós não frequentaremos essa praia na qual seremos invasores.
Afiados como navalhas
Eles vão cortando a todos, até o parente,
Mas chegará o dia em que esta gentalha
Sofrerá a queda contundente.

Acyr Gomes


http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

quarta-feira, 4 de abril de 2012

C E N Á R I O



Nossos caminhos são como pedras colocadas
Em um quebra cabeça vasto.
A cada minuto vamos encaixando os lados
Formando assim, um cenário como um verde pasto.
A beleza da imagem depende de nós
A magnitude do resultado a nós pertence,
Podendo ser a alegria como dos nossos avós,
Ou a tristeza daqule que não vence.
Há, sempre haverá, dias de sol abrasador,
E do raiar a um por do dia, inesquecível.
Mas haverá, sempre haverá, dias de dor
Que nos deixará em estado de ânimo sofrível.
O silêncio nos ajuda a caminhar.
A fonte da palavra está adormecida.
É hora de bons momentos sonhar
E achar a morada que nos é oferecida.
Nos ensinaram a servir e não ao contrário,
Mas esta grandeza só a maturidade nos traz.
Ela começa no berçário
Que no fituro nos trará a tão sonhada paz.

Acyr Gomes

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

segunda-feira, 2 de abril de 2012

A G U E N T E M !!!




Da região agora inóspita do meu pulsador,
Onde a morte ameaça a todo vapor,
Surge ela, a voz do clamor
Trazendo esperança a este perdedor.
Tento soerguer dos gases mefíticos
Exalados e sufocantes
Onde não se ouve o chilrear dos tico-ticos
Que alegres iam de galho em galho saltitantes.
Contaminado pelo desânimo, acamado fico.
O padecimento físico não se afasta
Sendo furado constantemente pelo bico
Pois nem a voz me ajuda a dizer: Basta!!!
Encapuzado para não ver a luz necessária,
Onde o lubrificante da vida não marca presença,
Vou vivendo que nem um pária
Odiando a data de nascença.
Tudo isto seria verdadeiro
E não precisaria ouvir PQP!!!
Pois acreditem, sou um festeiro
E toda esta farsa é para comemorar 1º de abril!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Acyr Gomes

http://js-kit.com/api/static/pop_comments?ref=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO&path=%2F&standalone=no&scoring=yes&backwards=no&sort=date&thread=yes&permalink=http%3A%2F%2Fncego.blogspot.com%2F&skin=echo&smiles=no&editable=no&thread-title=Echo&popup-title=N%C3%B3%20Cego%20e%20Bengala%20de%20Cego&page-title=N%C3%93%20CEGO%20E%20BENGALA%20DE%20CEGO

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox