Nó Cego e Bengala de Cego

sábado, 27 de junho de 2009

O som do silêncio


Ouça só! nada para incomodar
Nenhum barulho ! nada para atormentar
Somente o som do silêncio
Que as vezes é cortado pelo canto dos pássaros
Ou pela água caindo do riacho
Eu e você somente a contemplar
As maravilhas que a natureza nos dá
Sem nada para falar,porque as vezes é melhor se calar
E somente ouvir o som que vem dos lugares
Lá da bandas ,do outro lado da cidade
Uma multidão de pessoas e carros
Uma algazarra tremenda em meio aos prédios
Gente gritando o que é bom e certo
Gente escrevendo o que não é nada esperto
Gente nos dizendo o que devemos fazer ou falar
Que bom que estamos em outro lugar
Aqui, nada nos perturba
Somos só eu e você para decidir
Se devemos parar ou seguir
Se vamos para aquela cidade nada harmonioza
Ou se fincamos aqui nossas raizes
E deixamos nos levar pelo som do pássaros
E trocarmos todos os sons pelo do silêncio
Não pense que é fácil
Exige força de vontade e perseverança
Nos habituarmos ao som do silêncio exige aprendizagem
È preciso aprender a ser calmo e a conviver com o silêncio
A calma e o silêncio as vezes incomodam mais do que o som
Mas com certeza iremos ouvir muito mais o som de nosso coração
E ver que a vida não pode ser esta loucura que é hoje
E que para ser feliz não precisamos de tantas coisas
O primordial é ter saúde, depois amor de uma forma geral
Se tivessemos isto que é pouco para uns mas tudo para muitos
Seríamos seres bem melhores do que somos hoje.

Por: Nó&Bengala

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox