Nó Cego e Bengala de Cego

domingo, 16 de novembro de 2008

Amor maduro



Como posso falar contigo
Se nem eu sei o que tenho
Os sentimentos são confusos
As vezes me pego no escuro
Viajando em meus pensamentos
São fases da minha vida
Que é melhor eu me calar
Porque posso as vezes até machucar
Quem gosta de mim
Não sei exatamente o que quero
Me pego por vezes suspirando por algo
Que na verdade não é nada concreto
São imagens e fantasias do mundo dos sonhos
Coisas por vezes absurdas
Mas na verdade o que eu queria te dizer
É que apesar de estar meio afastado de você
Eu te tenho como meu bem querer
Gosto de estar em sua companhia
Sinto a sua falta quando fica longe de mim
Adoro os seus beijinhos de chegada e despedida
Tenho respeito e admiração e por que não dizer amor
Sim um amor maduro e consciênte
Daqueles que poucos sentem
Só mesmo quem passou tanto tempo junto
Sabe exatamente do que estou falando
Não quero que se preocupe
Meus caminhos são ao seu lado
Mas as vezes fico afastado
Meio a frente , meio de lado
Para organizar os pensamentos
Para voltar ao mundo verdadeiro
Como um guerreiro que se recolhe
Para se recuperar de seus ferimentos
Estive em combate por muito tempo
Preciso agora revigorar minhas forças
E novamente um outro dia
Poder batalhar e as guerras ganhar.

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox