Nó Cego e Bengala de Cego

sábado, 8 de novembro de 2008

Dois ou três de mim por favor.


Sabe quando tudo começa a dar errado na sua vida
Você fica desempregado, sem assistência médica
Sem dinheiro, sem dignidade e sem fé
Todas as doenças te assolam
As coisas em sua casa começam a quebrar
O pai fica doente, o filho o marido.....
Meus Deus da vontade de sumir para os quintos.....
Você já sentiu que tudo está desmoronando em sua vida
Que as coisas por mais que você tente
Não consegue chegar a lugar nenhum
Seu corpo dói, dói feito uma surra de cinta
Sua cabeça roda feito roda gigante
Já sei, é hora daquele milagreiro entrar em ação
Você pode acha-los nas melhores drogarias do ramo
Ou quem sabe nas Organizações Tabajara
Será que já inventaram um outro de mim?
Aquele que consegue tudo que suporta tudo
Um clone que está levando pancada de um lado
Mas está sorrindo e cantando do outro
Aquele que conduz e ainda eleva-se em luz
Please....pode me mandar dois por favor
Só para o caso de primeiro falhar
Não gosto de deixar ninguém na mão
Principalmente euzinho.....
Será que é uma conspiração dos patolinos
Que vieram para assolar o lar dos meninos ceguinhos
Caso isso se reverta prometo cumprir um trato
Peço licença à turma da Patoterapia
Construo uma lagoa no halos
E a denominarei lagoa do loirão!!


Nó&Bengala

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox