Nó Cego e Bengala de Cego

sábado, 23 de janeiro de 2010

Continue espiando




O tempo de Pedro Bial



...De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
Tempo tempo tempo tempo
E eu espalhe benefícios
Tempo tempo tempo tempo...

O que usaremos prá isso
Fica guardado em sigilo
Tempo tempo tempo tempo
Apenas contigo e comigo... (Caetano Veloso)



...o tempo não para e no entanto ele nunca envelhece... (Caetano Veloso)



Se existe algum mestre em negociar com o tempo essa pessoa tem nome: Caetano Veloso. Pelo menos nos seus textos e odes a ele, o compositor baiano exagerou e acertou inclusive quando forneceu material para Cazuza escrever para nós do mundo da lingua portuguesa e para si mesmo "O tempo não para", o seu libelo particular à “não negociação” com o tempo usando o seu canto indignado num bem berrado desagravo ao destino equivocado que lhe foi reservado.



Se para inspiração destes geniais autores (além de outros) o tempo se mostrou um bom escravo, ao jornalista Pedro Bial, outrora bom de prosa e de bons versos na memória e no papel, o tempo parece estar rompendo sua parte no trato.



Ser o dinâmico e sagaz porta voz além de alter ego do BBB pela décima vez, tem lhe embaçado o olhar observador e a antiga presença de espírito que hoje vemos diariamente tem se mostrado um tanto quanto fora de forma. Nas quatro últimas edições sucessivamente, o apresentador tem sido parcial e galante (deselegante) demais com algumas participantes do sexo feminino de sua preferência no programa. Nada contra. Nem a favor.



Ver um programa ser conduzido por um atual senhor de meia idade desfilando galanteios vulgares camuflados por versos e apelidos da literatura brasileira tem sido o grande mico dos momentos mais marcantes deste programa de grande sucesso e audiência no Brasil. Será o Bial hoje um Nonô mais letrado de amanhã?



Cansando disso ou não vendo ao seu dispor no atual BBB uma musa à altura da sua volúpia verborrágica, teremos no ar diariamente um “simpatizante” GLTT exageradamente purpurinado para prosear com os homossexuais da casa lhes faltando com o respeito e tirando-lhes a credibilidade de falarem como gente e serem donos não apenas das frases e gritinhos gays mas também, de suas opiniões e posicionamentos, a serem levados a sério como eventualmente é dado o direito a todos os demais participantes?



Em quantas semanas saberemos para quem o apresentador desta vez concentrará os elogios e odes na condução do público ao democrático 0300 que pretende-se que seja o juiz que decidirá o merecedor deste prêmio de um milhão?



O que o tempo tem feito ao homem, jornalista e apresentador Pedro Bial?



Fique de olho, continue espiando.





Sem Nick,





P.S.: de ferias, sem computador e com saudade do halos.

livefyre

JOGUINHO DAS BOLINHAS

Para se cadastrar no shoutbox

Esta é a URL no seu shoutbox:
http://NoeBengala.freeshoutbox.net/
Dar este endereço para seus amigos e começar a conversar

Shoutbox